Atlético-MG demite Oswaldo de Oliveira um dia após confusão com repórter

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Oswaldo de Oliveira deixa o comando do Atlético-MG após confusão com Léo Gomide

    Oswaldo de Oliveira deixa o comando do Atlético-MG após confusão com Léo Gomide

Oswaldo de Oliveira não é mais técnico do Atlético-MG. Ele foi informado, na madrugada desta sexta-feira (9), que não seguirá à frente do elenco. A demissão do técnico ocorreu em uma reunião com o presidente Sérgio Sette Câmara e o diretor de futebol Alexandre Gallo.

A saída de Oswaldo da Cidade do Galo se dá um dia depois da confusão entre o técnico e o repórter Léo Gomide, da Rádio Inconfidência. O UOL Esporte apurou que a briga com o jornalista é uma das razões para a sua saída do clube.

O treinador se irritou com o jornalista durante uma entrevista coletiva na noite da última quarta-feira (7). O ex-técnico alvinegro não gostou de uma pergunta do repórter e o acusou de xingá-lo. A situação foi apaziguada pelo diretor de comunicação do clube, Domenico Bhering, e outros repórteres que estavam no local.

Este, contudo, não foi o único motivo para a saída de Oswaldo de Oliveira do cargo. As recentes atuações do Atlético-MG, sobretudo com times de menor expressão, não agradaram à diretoria alvinegra.

O Galo empatou com o Patrocinense em pleno estádio Independência pelo Campeonato Mineiro e também não saiu de uma igualdade contra o Atlético do Acre, pela primeira fase da Copa do Brasil. Em ambos os jogos, o comandante foi muito criticado pela torcida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos