Fluminense ainda deve mais de R$ 5 mi para ex-dirigente que financiou CT

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

    CT do Fluminense foi erguido com dinheiro de ex-dirigente, que ainda não foi pago

    CT do Fluminense foi erguido com dinheiro de ex-dirigente, que ainda não foi pago

Ex-dirigente que dá nome ao centro de treinamento do Fluminense, Pedro Antonio Ribeiro da Silva, principal financiador da obra, ainda aguarda o repasse de cerca de R$ 5,8 milhões para as suas contas. O presidente Pedro Abad pagou um pedaço da dívida, mas não sinalizou mais com a quitação do restante dos débitos. "O [ex-presidente] Peter Siemsen disse que ia pagar, assim como o Abad. O que eu sei é que eles contrataram por agora um escritório de engenharia a peso de ouro", disse Pedro Antonio.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o Fluminense informou que "ao contrário do informado, o Fluminense celebrou a contratação um escritório de arquitetura para a elaboração de projetos para o CT Pedro Antonio através de permuta, com contrapartidas que não geram custos financeiros ao clube".

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos