Site: Clube paraguaio alvo de escândalo é investigado por tráfico humano

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Após ficar conhecido em todo o mundo por conta de um escândalo sexual entre o presidente e um jogador, o Rubio Ñu de Luque teve sua sede investigada pela polícia paraguaia nesta sexta-feira. De acordo com o site local Última Hora, as autoridades locais emitiram um mandado de busca e apreensão por suspeitas de que o clube tenha ligação com o tráfico de pessoas.

Liderada pela promotora Tereza Martínez, a força tarefa apreendeu celulares, pendrives, vídeos pornográficos e armas de fogo no local, segundo a apuração do site. Vídeos de circuitos fechados também serão analisados.

Além de investigar o Rubio Ñu de Luque, equipe amadora do Paraguai, a promotora revelou que outros clubes locais também serão alvos de mandados de busca e apreensão. "Temos uma história de casos de meninos paraguaios vítimas de tráfico de futebol, no exterior e no país."

Entenda o caso

Uma foto causou enorme repercussão no Paraguai. Na imagem, o presidente do Rubio Ñu de Luque, Antônio González, aparece na cama com o jogador do clube, Bernardo Caballero. O dirigente assumiu relacionamento amoroso com o atleta e revelou em vídeo que estava sendo chantageado pelo próprio atleta, que queria a liberação para sair do clube.

Em contrapartida, Caballero afirmou o mandatário o extorquia. "Ele disse que nunca iria me dar meu passe, mencionou a foto e afirmou que não me deixaria sair do clube. Me ameaçou", disse o jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos