Time egípcio volta a jogar em estádio seis anos após tragédia que matou 70

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Amr Abdallah Dalsh

O Al Masry, time egípcio de Porto Said, voltou a jogar em casa, no estádio Al Masry, seis anos após a tragédia de fevereiro de 2012 que matou 70 pessoas por conta de brigas de torcida em partida contra o Al Ahly.

No último sábado (10), o Al Masry venceu o duelo contra o Green  Buffaloes, da Zâmbia, por 4 a 0 em jogo válido pela fase preliminar da Copa das Confederações da CAF (Confederação Africana de Futebol). Ao todo, 10 mil pessoas compareceram ao estádio.

"Nós agradecemos ao ministro do Interior Magdy Abdel Ghaffar por ter aprovado o retorno ao nosso estádio", afirmou o clube em nota. Antes da bola rolar, pombas brancas foram libertadas como sinal da paz.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos