Topo

Futebol


Ataque em alta reforça certeza do Flu de acerto em venda de Dourado

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

2018-02-25T04:00:00

25/02/2018 04h00

Os 13 gols marcados nas últimas três partidas só reforçam uma certeza nas Laranjeiras: a venda de Henrique Dourado para o Flamengo não deixará sequelas para o Fluminense.

Ainda que o jogador tenha saído do clube com o carinho e respeito de todos, a negociação foi considerada positiva para o Flu, que embolsará algo em torno de R$ 8 milhões pelo seu ex-jogador.

Além da parte econômica, os tricolores entendiam, embora não admitam publicamente, que um novo "ano mágico" do Ceifador não seria algo fácil de ser repetido. Diante desta equação e da vontade do centroavante em deixar o Flu, o negócio foi algo encarado com naturalidade.

O torcedor ficou sentido ao ver Dourado vestir rubro-negro, mas quem permaneceu tem dado conta do recado. Antes contestados por boa parte da torcida, Marcos Jr. e Pedro têm, aos poucos, conquistado a confiança dos tricolores. Com sete gols no ano, o primeiro vem sendo o principal nome no ano. Já o centroavante não marcou tantos gols [3], mas já colaborou com quatro assistências para os companheiros.

"Isso é resultado do trabalho no dia a dia, as coisas estão acontecendo", analisou Marcos Jr. ao "Premiere".

Mas o desempenho fulminante do setor ofensivo no momento não faz com que a direção tricolor esteja satisfeita. É consenso na cúpula que nomes para o ataque têm de ser contratados. Com o orçamento enxuto, no entanto, o Flu tenta minimizar a margem de erro no mercado.

Após golear o maior adversário, o Fluminense volta suas atenções para o Avaí, rival de quinta-feira, às 19h30, no Nilton Santos, em jogo válido pela Copa do Brasil.

Mais Futebol