Fla aguarda CAS e troca e-mails para renovar com Guerrero até o fim do ano

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Buda Mendes/Getty Images

    O Flamengo vive a expectativa de contar com Paolo Guerrero na Copa Libertadores

    O Flamengo vive a expectativa de contar com Paolo Guerrero na Copa Libertadores

O Flamengo divulgou a lista de inscritos para a Copa Libertadores com Paolo Guerrero entre os 30 selecionáveis. Apesar da suspensão por doping até o começo de maio, o camisa 9 faz parte dos planos do Rubro-negro para a temporada. O cenário ainda é absolutamente desconhecido, mas as partes envolvidas conversam sobre a possibilidade de extensão contratual.

A diretoria do Flamengo e os procuradores do peruano se falaram algumas vezes por e-mail desde que o caso veio à tona. Uma proposta de renovação do compromisso até o fim do ano, inclusive, já foi debatida - o vínculo atual se encerra em 10 de agosto. Apesar da distância e da relação fria nos últimos tempos, a cúpula rubro-negra acredita em um entendimento.

O problema é que a decisão passa diretamente pelo julgamento na CAS (Corte Arbitral do Esporte), previsto para ocorrer no mês de março. O Flamengo luta para extinguir a pena após o atleta ter sido flagrado com benzoilecgonina, o principal metabólito da cocaína. Por sua vez, a Wada (Agência Mundial Antidoping) quer revogar a decisão da Fifa que diminuiu o gancho para seis meses.

Enquanto isso, Paolo Guerrero segue com o contrato suspenso e treina na Argentina, já que não pode utilizar as instalações do clube carioca. É fato que existe um desgaste na relação por conta do ocorrido e das medidas colocadas em prática. As partes, no entanto, tentam aparar as arestas.

Se o panorama atual for mantido, Guerrero estará apto a defender o Flamengo nos dois últimos jogos da primeira fase da Libertadores. E, logo na sequência, terá uma Copa do Mundo com a seleção peruana. O Rubro-negro confia que, pelo menos, a posição atual será mantida, embora sonhe com a absolvição do jogador.

Independentemente disso, a meta é a de não perder o camisa 9 no meio da temporada. Por isso, a negociação para estender o vínculo até dezembro. Há também a possibilidade de outra conversa após a primeira etapa de tratativas para a assinatura de um compromisso mais longo. Tal cenário, no entanto, dependerá de outros aspectos, como o assédio de clubes do Brasil e do exterior.

Hoje, ninguém no Flamengo sabe quantos jogos mais Paolo Guerrero fará pelo clube. Nem sequer o próprio peruano consegue responder ao questionamento. A única coisa que se tem certeza é a de que o clube ainda deseja contar com o jogador. O restante da história depende diretamente do decisivo julgamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos