Salários altos fazem Atlético-MG ter dificuldade para reduzir o elenco

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Felipe Santana é apenas a quarta opção do Atlético-MG para a defesa

    Felipe Santana é apenas a quarta opção do Atlético-MG para a defesa

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, descreve a temporada 2018 como um ano de austeridade para o clube, com maior rigor e mais controle com os gastos. Inicialmente a meta era reduzir a folha salarial em 20%, na comparação com 2017. Com as mudanças realizadas, essa economia já passou de 17%, e o número só não é maior por causa do alto salário de alguns atletas que sequer estão nos planos da comissão técnica e seguem na Cidade do Galo.

O zagueiro Felipe Santana, o volante Roger Bernardo e o meia-atacante Hyuri são alguns dos atletas que estão à disposição para interessados. Porém, os salários dos jogadores em questão são considerados altos para os clubes que demonstraram algum tipo de interesse. Com autorização da diretoria, empresários podem negociar os atletas que não estão nos planos e vão fazer a folha salarial ser reduzida.

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Roger Bernardo ainda não disputou um jogo sequer em 2018

Nesta quarta-feira o Atlético enfrenta o Figueirense, às 21h45, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela terceira fase da Copa do Brasil. Felipe Santana, Roger Bernardo e Hyuri sequer foram relacionados. O que tem sido o comum em 2018. Se somando, o trio tem apenas três aparições em campo.

Hyuri disputou dois jogos, quando o Atlético jogou com os reservas, diante de Boa Esporte e Villa Nova. Porém, desde a derrota para a equipe de Nova Lima, pela terceira rodada do Estadual, o camisa 22 sequer foi relacionado novamente. Felipe Santana tem uma aparição, foi titular na derrota para a Caldense, em ocasião em que alguns titulares foram poupados.

Já Roger Bernardo, que está numa das posições em que o clube mais tem jogadores – são sete volantes, além de Roger Bernardo –, figurou no banco de reservas algumas vezes, mas ainda não jogou em 2018. O volante assinou contrato em janeiro do ano passado, para se apresentar em junho, após ficar sem vínculo com o Ingolstadt, da Alemanha.

Retornar para o futebol europeu é algo que está nos planos de Roger Bernardo. Apesar de reforçar o desejo de seguir na Cidade do Galo, o volante não descarta a troca de clube em breve.

"Quero muito continuar no Atlético, mas se a hora não chegar aqui, pode ser em outro lugar. Futebol muda muito. Quero jogar, quero jogar no Atlético, quero mostrar porque eu vim. Tenho mais dois anos e meio de Atlético. Mas se não for da vontade de outras pessoas, posso sair, ir para outro lugar, até mesmo voltar para a Alemanha", disse o volante de 32 anos, que não atua desde 15 de novembro do ano passado, no empate em 1 a 1 com o Vasco, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Diretoria não descarta acordos

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Hyuri teve bom começo pelo Atlético-MG, em 2016, mas não conseguiu manter o rendimento

Ao mesmo tempo que procura clubes para os jogadores que não fazem parte dos planos da comissão técnica, a diretoria do Atlético também conversa sobre a possibilidade de encerrar os vínculos de forma antecipada. Sem citar nomes, o presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, revelou em entrevista ao programa 98 Futebol Clube que existem conversas nessa linha.

Por tempo de contrato, a situação que parece menos complicada é a do zagueiro Felipe Santana. O defensor tem vínculo com o Galo somente até dezembro. Em pouco mais de um ano de clube, Santana jogou somente 28 vezes.

Já os contratos de Roger Bernardo e Hyuri são mais longos. O volante tem acordo até junho de 2020, enquanto o atacante tem vínculo até dezembro do mesmo. Roger Bernardo atuou somente 12 vezes. Já Hyuri chegou à Cidade do Galo em janeiro de 2016 e tem 34 aparições com a camisa alvinegra e quatro gols marcados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos