Técnico do PSG diz que novos exames foram decisivos para cirurgia de Neymar

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Stephane Mahe

O Paris Saint-Germain bateu o Olympique de Marselha nesta quarta-feira por 3 a 0, mas o assunto principal pós-jogo não era a classificação à semifinal da Copa da França. Em entrevista coletiva, o técnico Unai Emery foi questionado sobre a cirurgia de Neymar, confirmada pelo clube nesta quarta-feira, horas antes da partida.

Nos dias anteriores, o treinador mostrou-se reticente em admitir que o atacante brasileiro seria desfalque contra o Real Madrid, na próxima semana, pela Liga dos Campeões. Nesta noite, Emery revelou que Neymar passou por novos exames, que foram decisivos na opção pela cirurgia para correção da fissura do quinto metatarso do pé direito.

"No domingo, parecia apenas uma torção de tornozelo. Depois dos exames, os médicos do clube e do Brasil [Rodrigo Lasmar, da CBF] detectaram uma fissura. É outra coisa, e decidimos pela cirurgia vendo que realmente havia uma lesão. É uma decisão difícil, porque havia uns 10% de chance de ele jogar, segundo falei com o médico na terça-feira. Ele me disse que havia uma saída, mas antes dos exames de hoje {quarta]", contou Emery.

Para contextualizar a esperança em ainda contar com Neymar nas oitavas de final da Liga, o treinador citou o português Gonçalo Guedes, atacante do PSG que defende o Valencia por empréstimo, que sofreu uma lesão semelhante à de Neymar, em novembro de 2017, e entrou em campo dias depois, à base de infiltração, contra o Barcelona.

"Guedes jogou com esse tipo de lesão pelo Valencia antes de operar. Vamos sentir falta dele, mas a equipe está pronta", ressaltou Emery. "É um jogador muito importante para nós, mas os jogadores darão o máximo para que possa jogar mais partidas pela Liga dos Campeões quando se recuperar", concluiu.

Emery também comentou a situação do atacante Mbappé, substituído no segundo tempo da partida contra o Olympique de Marselha com dores no pé direito. "Ele sofreu uma pancada no tornozelo e pediu para sair. Não é grave, e ele poderá jogar contra o Real Madrid", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos