Zidane diz que poupou Cristiano Ronaldo por ser ano de Copa do Mundo

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Sergio Perez

Zinedine Zidane surpreendeu ao deixar Cristiano Ronaldo de fora da lista de relacionados para a partida contra o Espanyol. O treinador francês explicou a decisão: quer preservar o craque português em um ano com Copa do Mundo.

Sem CR7 em campo, o Real Madrid perdeu para o Espanyol por 1 a 0, no domingo.

"A temporada é muito larga. Além disso, são jogadores que sabem que no fim da temporada europeia [meio do ano] haverá um Mundial. Eles podem até dizer que não pensam nisso e pode até ser verdade, mas inconscientemente tem um Mundial. Então, digo isso por já ter vivido. Mundial é Mundial".

Nos últimos 13 dias, Cristiano Ronaldo representou o Real em apenas uma partida - contra o PSG (marcou dois gols na vitória do Real por 3 a 1).

O descanso oferecido por Zidane ocorre em um período decisivo para Ronaldo. O camisa 7 já sofreu os efeitos da maratona de jogos em época de Copa. Em 2014, o atacante português chegou ao Mundial do Brasil longe da melhor forma. Ele se recuperava de lesão na coxa e ainda lutou contra fortes dores (tendinite).

CR7 admitiu que colocou sua carreira em risco no fim do primeiro semestre de 2014, quando não abriu mão da Liga dos Campeões e da Copa, mesmo com o corpo lesionado.

"Na vida você não vence sem sacrifícios e você precisa se arriscar. Nós estávamos em grandes competições e era difícil. Eu não estava bem, mas forcei. No clube as coisas foram bem. Vencemos e eu fiz o último gol no título da Liga dos Campeões, o que eu queria. Com Portugal eu não fui tão bem", disse o português à revista "World Soccer", em 2014.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos