Médico: Neymar recebe alta neste domingo e fará reavaliação em 6 semanas

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte (MG)

  • Thiago Fernandes/UOL Esporte

    Rodrigo Lasmar explicou o procedimento realizado no pé direito de Neymar

    Rodrigo Lasmar explicou o procedimento realizado no pé direito de Neymar

O médico Rodrigo Lasmar se pronunciou sobre a cirurgia realizada em Neymar, ocorrida na manhã deste sábado no Hospital Materdei, em Belo Horizonte. O profissional, que trabalha com a seleção brasileira e o Atlético-MG, afirmou que o atacante se recupera bem do procedimento.

"Existe uma previsão de alta para o período da manhã deste domingo. Consistiu na colocação de um parafuso no quinto metatarso. Utilizamos a colocação de um enxerto ósseo para facilitar e acelerar a consolidação", declarou Rodrigo Lasmar, que deu entrevista ao lado de Gérard Salliant, representante do PSG em Belo Horizonte.

"O prazo da lesão depende da recuperação do jogador. Faremos uma nova avaliação com exames de imagem para que a gente possa observar a recuperação. O processo de fisioterapia começa imediatamente por meio do seu fisioterapeuta, Rafael Martini, o do PSG e o da seleção brasileira de futebol", acrescentou o médico.

Em pronunciamento rápido, Lasmar disse que o processo de correção da lesão do jogador durou uma hora e 15 minutos. Segundo informações apuradas pela reportagem do UOL Esporte, Neymar permaneceu no centro cirúrgico por mais de duas horas, entrando na sala às 9h03 (de Brasília) e terminando o procedimento às 11h15.

O Paris Saint-Germain também se manifestou sobre a cirurgia de Neymar. Aproximadamente duas horas depois da intervenção médica no craque, ocorrida em Belo Horizonte, o clube francês emitiu uma nota para explicar o processo, ratificando a postura de centralizar as informações sobre o jogador, conforme combinado com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"Neymar Jr. foi operado hoje [sábado] no Hospital Materdei, em Belo Horizonte. A intervenção liderada pelo Dr. Rodrigo Lasmar ocorreu perfeitamente bem e consistiu na inserção de um parafuso além de um enxerto ao nível da lesão no quinto metatarso do pé direito", explica o PSG, que evitou dar um prazo para o retorno do camisa 10.

"A reabilitação começará imediatamente ao pós-operatório sob a supervisão dos fisioterapeutas do clube. Um relatório será produzido em seis semanas para esclarecer a possível data de retorno aos treinamentos", acrescentou, em nota, o atual líder do Campeonato Francês.

Minutos depois da equipe francesa, a CBF também emitiu uma nota sobre a intervenção médica sobre Neymar. O comunicado repete as informações passadas pelos franceses, que vão monitorar de perto a recuperação do atacante. 

"Não há divergências"

Além de Rodrigo Lasmar, Gérard Salliant também se pronunciou sobre o procedimento realizado na manhã deste sábado. O consultor médico do Paris Saint-Germain aproveitou o encontro com a mídia brasileira para dar uma versão oficial do clube sobre uma possível tensão com a CBF e a família de Neymar, conforme relato publicado pelo L'Equipe.

"Diferentemente do que foi escrito ou dito desde o instante zero da contusão do Neymar até hoje, das decisões que foram tomadas e que serão tomadas futuramente, sempre estivemos em total acordo com o Neymar, sua família e toda a equipe do PSG, direção e presidência. Não há absolutamente nenhuma divergência", sentenciou.

"Neste momento, ele [Neymar] está torcendo pelos seus companheiros e vendo o jogo entre PSG e Troyes. Infelizmente está 0 a 0 no momento, mas vai melhorar", brincou o médico francês, antes de a equipe vencer o Troyes por 2 a 0 e alcançar mais uma vitória no Campeonato Francês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos