Corinthians lamenta chances perdidas e empate "com sabor de derrota"

Do UOL, em São Paulo

Os jogadores do Corinthians deixaram o Pacaembu com um discurso de lamentação depois do empate por 1 a 1 com o Santos. O time da capital paulista vencia até os 41 minutos, quando o garoto Diogo Vitor deixou tudo igual.

"É um empate com sabor de derrota. Estávamos ganhando, tivemos chance de matar e não fomos efetivos. Mas é isso. Clássico não pode dar brecha e numa desatenção nossa eles chegaram ao empate", afirmou o zagueiro Balbuena, admitindo, porém, que a equipe caiu de rendimento na etapa final.

"No segundo tempo não conseguimos segurar a bola, apostamos num jogo muito vertical, tentando chegar ao gol deles. Mas enfim, pela entrega, pelo trabalho, foi positivo. A gente criou muito, fez o gol e estava ganhando quase até o final do jogo".

O meia Rodriguinho também deixou o gramado insatisfeito. "Na hora de matar não fomos precisos. Tivemos várias oportunidades em contra-ataques que o Santos nos proporcionou ao ir para o ataque em busca do empate. Infelizmente tomamos o gol e saímos com sentimento de derrota", afirmou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos