Marcelo Bielsa é condenado a pagar R$ 1,2 milhão ao Lille

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / FRANCOIS LO PRESTI

    Marcelo Bielsa foi afastado do Lille em dezembro do ano passado

    Marcelo Bielsa foi afastado do Lille em dezembro do ano passado

Treinador do Lille no ano passado, Marcelo Bielsa foi condenado a pagar 300 mil euros (R$ 1,2 milhão de acordo com a cotação atual) ao clube francês. O comandante terá que pagar tal valor por praticar procedimentos abusivos.

O treinador, que contesta sua demissão do comando do Lille, reivindica mais de 18 milhões de euros ao Lille. Por esse motivo, o Tribunal de Comércio não aceitou o pedido e decidiu que Bielsa deveria pagar 300 mil euros à agremiação da França pela forma abusiva do pedido.

Segundo os advogados, Bielsa teria direito a 13,6 milhões de euros de salários e 5 milhões por danos causados pela demissão, os quais não foram especificados.

Além disso, o argentino também foi condenado por danos morais porque alegou que o Lille estava inadimplente e o time francês apresentou um extrato bancário com saldo positivo para provar que pagava as contas.

"Este é um dos episódios de assédio processual de Marcelo Bielsa que está se encerrando. Estamos satisfeitos com a decisão tomada, mas a luta judicial ainda não terminou", disse Bertrand Wambeke, advogado do Lille.

Agora, Marcelo Bielsa e Lille se enfrentarão na justiça no dia 13 de março. Técnico e clube irão ao Tribunal do Trabalho para o processo no qual o comandante contesta o mérito de sua demissão.

O treinador argentino foi afastado da equipe em dezembro do ano passado após uma série de resultados negativos, que colocaram o Lille na zona de rebaixamento do Campeonato Francês, muito longe das cinco primeiras posições que o clube tinha colocado como objetivo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos