Thuram critica Pelé por "egoísmo" e omissão no combate ao racismo

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Lilian Thuram em ação pela Juventus, um dos clubes que defendeu

    Lilian Thuram em ação pela Juventus, um dos clubes que defendeu

Para o ex-zagueiro francês Lilian Thuram, a falta de posicionamento de Pelé sobre o racismo torna o brasileiro "egoísta". O europeu criticou a omissão do sul-americano a respeito do tema.

"A verdade é que Pelé jamais se posicionou. Ele jamais se posicionou sobre a problemática do racismo no Brasil. E, portanto, ele é alguém que poderia ter feito avançar as coisas. Mas, para se posicionar e melhorar as coisas, eu acho que é preciso gostar das pessoas", disse Thuram, em entrevista ao "SporTV".

"Eu não conheço Pelé, mas eu acho que é preciso superar um certo egoísmo. E pode ser que Pelé não tenha essa grandeza da alma, porque, efetivamente, se você vir a imagem que ele tem no mundo, eu acho que ele deveria ter feito outras coisas", completou.

Ativista no combate ao racismo, Thuram já publicou livros sobre o assunto e comanda hoje uma fundação que luta contra o crescimento do preconceito.

"Mais uma vez, eu acho que a partir do momento que você é uma pessoa negra e que você sabe que no seu país existe racismo, e que você está em uma situação que permite fazer avançar as coisas, eu acho que, um dia ou outro, você vai se arrepender. Porque, de fato, se nós servimos para algo, cada um de nós, é para melhorar o futuro, a fazer uma sociedade mais justa", declarou o francês. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos