Santa Cruz quer clássico das quartas do Pernambucano fora da Ilha do Retiro

Do UOL, em São Paulo

  • Santa Cruz FC/Divulgação

    Constantino Jr., presidente do Santa: Ilha do Retiro não tem condições de receber o jogo

    Constantino Jr., presidente do Santa: Ilha do Retiro não tem condições de receber o jogo

Os incidentes desta quarta-feira no jogo Sport 1 x 1 Santa Cruz, pela 11ª rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano, podem alterar a sequência da competição. Na manhã desta quinta-feira, a diretoria do Santa manifestou a intenção de tirar da Ilha do Retiro, palco do clássico da véspera, o clássico entre os dois clubes pelas quartas de final.

Segundo Constantino Júnior, presidente coral, o estádio do Sport não tem condições de receber o duelo entre os times. Em declarações publicadas pelo site da equipe, o dirigente fez diversas críticas ao rival na condição de anfitrião do jogo do dia anterior.

"Já fui a muitos jogos ali na arquibancada, até como dirigente. O torcedor do Santa Cruz sempre sofre com número de catracas reduzida. Foi falado que não esperavam torcedor do Santa Cruz no estádio. Mas eles sabiam quantos ingressos foram vendidos, que conta é essa?", questionou Constantino, que foi além e questionou a atuação do policiamento mediante a confusão nas arquibancadas.

"Vale a pena bater em todo mundo pelo cara ter acendido um sinalizador? O policiamento tem que agir de forma ostensiva. A Polícia Militar de Pernambuco é um órgão respeitado, mas existem alguns profissionais exaltados. É um momento de pânico, não podemos julgar. Mas algumas situações precisam ser revistas. Não quero apontar culpado, o que não pode acontecer é fazer pessoas de bem sofrerem", acrescentou.

O jogo das quartas de final entre Sport e Santa Cruz está marcado para quarta-feira (14), às 21h45 (horário de Brasília). O Santa, porém, espera a remarcação do clássico para outro local e outra data.

reprodução/TV Globo
Confusão na torcida do Santa Cruz nesta quarta-feira deixou dezenas de feridos

"Vamos ter uma reunião, foi provado que a Ilha do Retiro não tem condições de receber o jogo das quartas de final. Vamos falar com o Ministério Público, tomar uma decisão conjunta. Se o bom senso prevalecer, este jogo será deslocado para o fim de semana - novamente em um horário ruim, afastando o torcedor", disse Constantino.

"Sei que existem pessoas sérias no Sport, temos uma relação amigável. Mas essa situação vem de muito tempo. O Santa Cruz não pode ser culpado por falta de estrutura no estádio do Sport. Se você recebe um público, tem de estar pronto para organizar o evento. Cabe à própria Polícia Militar trabalhar neste sentido de identificação. Um marginal tem que ser banido do futebol. O trabalho é conjunto, os clubes também devem colaborar", acrescentou.

Condições eram adequadas, diz Sport

Em nota publicada na manhã desta quinta-feira, o Sport lamentou os incidentes ocorridos e estimou as melhoras dos torcedores feridos na confusão. No entanto, assegurou ter tomado "medidas preventivas de segurança, como determinam as instituições competentes e a legislação".

"Nesta quarta-feira, eram quatro ambulâncias privadas (cada uma com médico e enfermeiros) e 18 brigadistas particulares, capacitados para também prestarem os primeiros socorros. Na área externa, 120 homens reforçavam a segurança particular. Números bem superiores aos exigidos pela lei em uma partida com pouco mais de 13 mil torcedores, como foi o clássico", anunciou o clube rubro-negro.

"O Sport Club do Recife se compromete em aprimorar cada vez mais as suas ações para dar maior conforto e segurança aos torcedores que forem à Ilha do Retiro. O Clube também se coloca à disposição das instituições competentes para verificar outras medidas que possam corroborar para esse aprimoramento", completou.

A Federação Pernambucana de Futebol, por sua vez, emitiu nota reforçando seus esforços no trabalho "pela paz dentro e fora dos campos". "Todos os procedimentos de assistência e proteção à vida foram prestados aos torcedores durante o incidente", diz a entidade.

Questionada pelo UOL Esporte a respeito da possibilidade de remarcação do clássico das quartas de final, conforme intenção manifestada pelo Santa Cruz, a Federação prometeu se manifestar em novo comunicado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos