Cavani não recebe nenhum passe de atacantes e encara fritura no PSG

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (França)

  • AFP PHOTO / CHRISTOPHE ARCHAMBAULT

Kylian Mbappé recebe a bola na direita da área. Na marca do pênalti está Edinson Cavani, livre. Apesar disso, a escolha do francês é pelo chute ao gol, que termina com defesa de Keylor Navas. A cena no primeiro tempo da derrota por 2 a 1 para o Real Madrid, no Parque dos Príncipes, dá o tom da situação do número 9 no clube. Sendo avaliado internamente como estático, o uruguaio encara uma fritura que deve terminar em negociação ao final da temporada.

No duelo de ida contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, Cavani não recebeu nenhum passe dos atacantes Neymar e Mbappé. A situação criou um ar de perseguição ao atacante. O problema foi que na partida da volta, o mesmo ocorreu: Di Maria e Mbappé não deram passes para Cavani.

No último duelo, Cavani foi acionado somente 9 vezes, sendo o maior assistente o brasileiro Thiago Motta, com 4. Mesmo isolado, ainda foi o responsável pelo gol do time na derrota por 2 a 1.

Gols não bastam para o artilheiro do time na temporada – são 33 gols, em 38 jogos disputados. Com problemas de comportamento, Cavani jamais teve grande prestígio entre os dirigentes.

Dialogar com Cavani é uma raridade no PSG. E um rancor ainda parece presente pela escolha por Neymar como cobrador de pênaltis. Sim, o cenário de briga com o brasileiro ainda o persegue.

Dentro de campo, o fator preocupante para Cavani é um desejo crescente entre os dirigentes de ver Kylian Mbappé como centroavante, justamente pelas características de maior mobilidade e velocidade.

Cavani tem contrato com o PSG até julho de 2020, mas uma negociação é constantemente especulada. Aos 30 anos, a renovação com aumento salarial desejada pelo atacante está longe de acontecer.

"É um dos maiores ídolos da torcida, aclamado jogo a jogo no Parque dos Príncipes, mas realmente é algo que não reflete a cabeça dos dirigentes. Ouvir críticas ao Cavani por aqui é normal", comentou Florient Tourchet, repórter do jornal esportivo francês L'Equipe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos