Corinthians divulga vídeo contra a xenofobia no futebol após caso Romero

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians divulgou na tarde desta sexta-feira um vídeo contra a xenofobia no futebol. A ação do clube paulista ocorre depois das declarações de Romero, que se disse perseguido no Brasil por ser paraguaio.

"Em 1910, fomos fundados por operários e filhos de imigrantes. Ao lingo dos mais de 107 anos de história, abraçamos as minorias e todos os povos", disse o Corinthians durante o vídeo.

Nele, o clube mostra imagens de jogadores estrangeiros que já atuaram pelo time, como o chinês Zizao, os argentinos Tevez, Mascherano e Herrera, o boliviano Arce, o chileno Maldonado, os colombianos Rincón e Mendoza, o uruguaio Lodeiro e os peruanos Ramirez e Guerrero, além dos paraguaios Balbuena e Romero, e o turco Kazim.

O vídeo ainda traz uma mensagem de Emerson Sheik, que aparece para dizer "xenofobia aqui, não". Mais cedo, Gabriel e o próprio atacante fizeram um vídeo em apoio a Romero. O volante pergunta a Sheik o que ele achava dos paraguaios. 'Paraguaio? Não gosto, não. Gosto e respeito muito", respondeu o veterano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos