Rodriguinho acredita que pode ser convocado: "A esperança sempre existe"

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Rodriguinho conhece Tite e já esteve na seleção brasileira, para a qual já foi convocado em 2017 e disputou alguns minutos de um amistoso contra a Austrália. Nesta sexta-feira (9), o meia se mostrou esperançoso por uma nova chance na lista que o técnico divulgará na segunda-feira, 12 de março.

"Lógico que vejo [chance de convocação], a esperança sempre existe. Estou esperançoso, ainda tem essa última convocação. Quem sabe não possa pintar? Todo jogador sonha com a Copa do Mundo", disse o atleta à ESPN Brasil.

A convocação do dia 12 será a última de Tite antes da lista final da Copa do Mundo. Os jogadores que forem escolhidos desta vez enfrentarão Rússia e Alemanha em amistosos nos dias 23 e 27 de março, respectivamente.

Rodriguinho foi lembrado pelo treinador em maio de 2017 e jogou parte de um amistoso contra a Austrália em junho do mesmo ano - não chegou a entrar em campo diante da Argentina, embora estivesse na delegação.

No entanto, antes de pensar no anúncio dos nomes que representarão a seleção brasileira, Rodriguinho precisa pensar nos compromissos do Corinthians. Neste domingo (11), a equipe visita o Botafogo-SP pelo Campeonato Paulista; três dias depois, recebe o Deportivo Lara na Libertadores.

"Eu acho que o Carille dificilmente vai poupar alguém, porque é um jogo importante [a partida contra o Botafogo-SP será a última rodada da primeira fase do estadual]. Ainda tem essa de ver quem vai decidir em casa, então vamos com força total para tentar um bom resultado ali e trazer a decisão para a nossa arena", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos