Fagner cita paciência na volta à seleção e prevê aprendizado com Dani Alves

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Fagner voltou a ser convocado por Tite na última lista antes da chamada da Copa

    Fagner voltou a ser convocado por Tite na última lista antes da chamada da Copa

O lateral direito Fagner celebrou na tarde desta segunda-feira o retorno à seleção brasileira. O jogador do Corinthians ressaltou a paciência necessária depois de ficar fora de duas listas seguidas e ainda previu um aprendizado com Daniel Alves.

"Às vezes como ser humano a gente não entende algumas coisas e se pergunta. Mas se naquele momento, o Tite entendeu que eu não deveria estar lá, é porque tinha que melhorar. Eu sempre disse que eu deveria estar bem no clube. Falei que no início da temporada me cuidei e agora veio a premiação de tudo o que você abriu mão nas férias. Graças a Deus hoje a convocação veio. Fico feliz de estar retornando", disse Fagner.

O lateral corintiano foi chamado pela última vez em agosto passado, antes dos jogos contra Equador e Colômbia. Agora, Fagner estará no grupo que disputará os amistosos com Alemanha e Rússia. Ele disputará posição com o titular Daniel Alves.

"É aprender o máximo que eu puder. Ele é um jogador experiente, com história grande no futebol. Agora é ir me preparando", frisou o atleta alvinegro, que também se defendeu de comentários sobre sua postura em campo.

"Infelizmente a gente vive num mundo em que você é julgado por uma atitude e não por um contexto geral. Tive três expulsões em cinco anos, menos de uma por ano de clube. Tem pessoas que não gostam de você e que vão falar. Mas o importante é meu caráter. Quem quer falar mal, não posso fazer nada", ressaltou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos