Dono do PSG é condenado a pagar R$ 72 milhões no Egito, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Valery Hache/AFP

O dono e presidente do PSG, Nasser  Al-Khelaifi, foi multado em 18 milhões de euros (cerca de R$ 72 milhões) por sua empresa Bein Sport violar a lei sobre a proteção da concorrência no Egito, informa a imprensa francesa nesta terça-feira.

De acordo com o jornal "Le Parisien", um tribunal comercial egípcio declarou culpada a empresa de Nasser  Al-Khelaifi de ter imposto aos assinantes a substituição da operadora de satélite (egípcia) Nilesat por uma operadora do Qatar para permitir a recepção dos canais.

Não foi a primeira vez que dono do PSG foi condenado na corte. Em 30 de janeiro, o mesmo tribunal impôs uma multa similar por Khelaifi e a rede de televisão venderem campeonatos esportivos de forma conjunta.

Nasser Al-Khelaifi está no Brasil desde a última segunda-feira para uma visita a Neymar, jogador do clube que se recupera de uma cirurgia no pé direito em sua mansão em Mangaratiba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos