Jogador pode ser preso na Turquia por ofender árbitro durante partida

Do UOL, em São Paulo

  • Matthias Balk/AP

O lateral Caner Erkin, do Besiktas, pode pegar até dois anos de prisão por insultar um árbitro durante uma partida contra o Istanbul Basaksehir, no dia 23 de outubro de 2017, pelo Campeonato Turco.

De acordo com a agência estatal turca "Anadolu", um tribunal do país atendeu a um pedido de um promotor e concordou em processar o jogador. A ação prevê pena de um a dois anos em caso de condenação.

Erkin é acusado de ter insultado o árbitro Mete Kalvakan depois de receber um cartão amarelo. Durante a investigação, o ex-jogador da Inter de Milão e Galatasaray negou a ofensa.

O Besiktas é o atual segundo colocado do Campeonato Turco e disputa as oitavas de final da Liga dos Campeões. O time entra em campo nesta quarta-feira para rever o Bayern de Munique, de quem perdeu por 5 a 0 na Alemanha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos