Na melhor campanha pós-Ferguson, United revive sonho pela Liga dos Campeões

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

  • Reuters/Andrew Couldridge

Máquina de fazer dinheiro pelo alcance global da marca de história recheada de glórias, o Manchester United sonha em voltar a triunfar dentro de campo nas principais competições. Para alcançar as quartas de final da Liga dos Campeões e estar entre os oito melhores times da Europa, terá de eliminar o Sevilla às 16h45 (horário de Brasília) desta terça-feira, no Old Trafford – a partida de ida, na Espanha, terminou em empate sem gols.

Clube que mais arrecada no mundo, com faturamento de 676,3 milhões de euros (R$ 2,7 bilhões na cotação atual) em 2016/17, acima até mesmo do outro gigante Real Madrid, atual campeão da Champions League, os Diabos Vermelhos têm o torneio europeu como único caminho para tentar sair da atual sombra do vizinho Manchester City em termos esportivos. Protagonista de um jogo encantador, a equipe de Josep Guardiola empilha recordes e faz contagem regressiva para conquistar a primeira Premier League sob o comando de Pep – com 16 pontos de vantagem sobre o United, é líder disparado a oito rodadas do fim, além já ter garantido vaga nas quartas do torneio europeu ao despachar o Basel, da Suíça.

A campanha espetacular do City ofusca os resultados de José Mourinho na sua segunda temporada no lado vermelho de Manchester. Com futebol pragmático, o técnico português lidera o Manchester United na melhor campanha do clube no Campeonato Inglês depois da célebre dinastia de Sir Alex Ferguson, de 38 títulos e a elevação do United ao mais alto dos patamares em 27 anos de serviços (e muitas conquistas) prestados. Esta galeria inclui dois dos três troféus Liga dos Campões da história do clube e 13 taças da Premier League, a última em 2013, no ano de despedida.

Mourinho e seus comandados somam 65 pontos na vice-liderança do campeonato vigente, número superior ao que os primeiros sucessores de Ferguson acumularam passadas 30 partidas.  O escocês David Moyes tinha apenas 51 pontos nesta mesma altura em 2014, campanha seguinte à saída de seu compatriota e lenda do futebol britânico. O desempenho ruim e a eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões para o Bayern de Munique fizeram o clube demiti-lo em abril daquele ano. Na sequência, o holandês Louis Van Gaal também tinha aproveitamento abaixo nesta época: 59 pontos em 2014/15 e 50 pontos em 2015/16.

Atrás apenas da sensação Manchester City no cenário doméstico, o United decide o futuro no contexto europeu com a confiança e a motivação de ter vencido o maior clássico da Inglaterra no fim de semana: superou o Liverpool por 2 a 1, em Old Trafford, com dois gols do jovem Marcus Rashford, revelação de 20 anos das categorias de base.

"O jogo contra o Sevilla é mais importante do que o de sábado", enfatizou Mourinho na véspera do confronto. "Ainda temos 24 pontos para disputar na Premier League, mas um jogo de mata-mata decide tudo. Apesar de não nos ver como candidatos ao título, tudo é possível quando você chega entre os oito melhores da Europa", completou o português, campeão duas vezes da Liga dos Campeões e duas da Liga Europa, a última delas com o United na temporada passada.

Desfalque contra o Liverpool por conta de um problema físico não confirmado pelo treinador, o francês Paul Pogba é dúvida para o jogo desta terça-feira. Fundamental e com participação nos dois gols da equipe no clássico, o belga Romelu Lukaku ostenta a artilheira do United, com 23 bolas na rede em 42 jogos.

O Sevilla, por sua vez, vem de derrota em casa para o Valencia, por 2 a 0, pelo Campeonato Espanhol, no qual ocupa a quinta colocação, com 45 pontos, 27 atrás do Barcelona, na dianteira da tabela.

"Temos de saber fazer bem a leitura do que acontece durante os 90 minutos para tomar decisões certas na hora de atacar, marcar e balancear nosso ritmo de jogo", analisou o treinador Vincenzo Montella.

O ex-corintiano Guilherme Arana, contratado pelos espanhóis em janeiro e com uma atuação até o momento, pode estrear na Liga dos Campeões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos