Time feminino é alvo de vandalismo e ofensas; até símbolo nazista é usado

Do UOL, em São Paulo

  • @salfordjfcgirls/Twitter

    Salford United teve instalações atacadas na madrugada desta terça-feira

    Salford United teve instalações atacadas na madrugada desta terça-feira

O Salford United FC, um clube amador de futebol da cidade inglesa de Salford, teve uma surpresa das mais desagradáveis na manhã desta terça-feira: a sede de sua equipe feminina foi vandalizada durante a madrugada.

Nos vestiários, as paredes foram rabiscadas com ofensas de cunho sexual, racista e até antissemita – em uma das lousas das instalações, foram desenhadas uma cruz suástica e uma caricatura de Adolf Hitler.

Nas redes sociais, o time descreveu o cenário em tom de lamentação.

"Quando você trabalha tão duro sem receber pagamento e tudo que faz é oferecer um porto seguro para que as crianças joguem futebol e treinem, embora os jovens locais tenham outros planos, é difícil não ficar chateado. Deem uma olhada nestas imagens da sede de nosso clube", divulgou o Salford United FC no Twitter.

"Não apenas nossos campos e nossa sede foram vandalizados, mas também os equipamentos ali. Uniformes, traves, redes, equipamento de treino, vestiários… Tudo pelo que trabalhamos tão duro se foi", completou.

Ainda nas redes sociais, o clube lançou uma campanha para arrecadar 5 mil libras (cerca de R$ 22,8 mil) em doações para se reestruturar. Fundado em 2016, o Salford United conta com 16 times para meninos e meninas com idades entre cinco e 12 anos.

Até o início da noite desta terça-feira no Brasil, a equipe já havia arrecadado 4,1 mil (quase R$ 19,1 mil). Entre as doações, destaque para a do ex-jogador Gary Lineker, que anunciou uma oferta de mil libras (R$ 4,55 mil) para o pequeno clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos