Infantino defende mudança em lei de transferências por "mais transparência"

Do UOL, em São Paulo

  • Alexander Nemenov/AFP

    Infantino concede coletiva antes de sorteio de grupos da Copa do Mundo

    Infantino concede coletiva antes de sorteio de grupos da Copa do Mundo

De acordo com reportagem do jornal espanhol "Mundo Deportivo", Gianni Infantino, presidente da Fifa, afirmou nesta quarta-feira (14) que a entidade planeja mudanças no regulamento de transferências do futebol para dar maior transparência ao processo. Segundo o dirigente, as novas regras não serão bem recebidas por todos.

'Não chegamos a uma conclusão. São questões muito complexas. Queremos tomar decisões para especialmente proteger os clubes que formam jogadores. O dinheiro em si não é um problema se for usado de maneira transparente e correta", disse Infantino, após reunião da Fifa em Lima.

Para o dirigente, dar maior transparência ao processo também é um objetivo interno da Fifa para que a entidade tenha maior credibilidade.

"Eu fui um dos críticos da Fifa. O importante é tornar as coisas transparentes. Se compararmos os relatórios financeiros da Fifa de alguns anos atrás com os de hoje, são opostos. Temos que dizer muito claramente como o dinheiro entra e no que investimos", declarou.

Na reunião, estiveram presentes membros das federações da Espanha e de países da América. A implantação do árbitro de vídeo também foi discutida no encontro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos