Cria do Inter, Fabiano volta após 13 anos e se diz pronto para Gre-Nal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Fabiano é apresentado como jogador do Internacional e vestirá a camisa número 18

    Fabiano é apresentado como jogador do Internacional e vestirá a camisa número 18

Não consta na trajetória profissional de Fabiano uma passagem pelo Inter até então. Mas antes mesmo de ter no futebol seu trabalho, o lateral direito de 27 anos usava vermelho. No projeto Genoma Colorado ele decidiu que seria atleta e agora volta ao clube após 13 anos.

O projeto é uma franquia do clube espalhado por diversas cidades. Escolinhas de futebol que se unem para disputar campeonatos sob observação do Inter. O jogador defendia a célula da cidade de Itapiranga, distante 30 Km de sua cidade natal, São João do Oeste, em Santa Catarina.

"Foi em 2005 e 2006, foi a primeira escolinha que participei, ia três vezes por semana a Itapiranga, chegava da escola e ia para lá para treinar. E finais de semana sempre tínhamos os jogos. Fomos campeões estaduais, tivemos o Brasileiro em Gramado e Canela e ficamos em terceiro. Foi o começo, onde eu coloquei na cabeça que queria ser profissional de futebol e estou muito feliz de vestir essa camisa novamente", explicou.

Fabiano chega egresso do Palmeiras, onde não estava recebendo muitas oportunidades. Emprestado até o fim do ano, ele explicou os motivos que o fizeram trocar o Verdão pelo Colorado.

"Eu não estava tendo tantas oportunidades. Um elenco muito qualificado, grandes jogadores (no Palmeiras). E também o Internacional com elenco forte e já conhecia vários atletas, joguei com Damião, Camilo, Roger, e conhecia a história, o D'Alessandro e o elenco do Inter... Foi por isso escolhi vir para cá. Para ajudar, para somar e buscar meu espaço respeitando meus companheiros e marcar a história no clube, para isso se precisa conquistar título", afirmou.

Com contrato publicado pelo Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, Fabiano pode estrear no clássico Gre-Nal deste domingo.

"Eu vinha treinando normal, atuei há duas semanas e estou 100% bem fisicamente", disse. "Estou muito motivado em poder vestir essa camisa. Sei da responsabilidade. É um clube rico em história e títulos. É uma responsabilidade muito grande. Tem que estar preparado para qualquer jogo. Vim para ajudar, somar e sei da qualidade do elenco, quero ter um grande ano pela frente", acrescentou.

Com 1,88, o jogador enaltece seu poder defensivo. Ao contrário dos outros laterais direitos do elenco do Inter, Fabiano primeiro auxilia na defesa para depois pensar em atacar.

"Minha primeira característica é a marcação. Até por ter sido zagueiro em toda formação da base. No primeiro ano de profissional eu atuava como zagueiro, depois virei lateral. Também preciso apoiar. Mas pela minha estatura sempre fui um lateral de característica de imposição, mais forte, de mais marcação, mas também chego ao ataque", finalizou.

O clássico Gre-Nal que pode marcar o primeiro jogo do ex-palmeirense será no doming às 16h (de Brasília), na Arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos