Sheik diz ter vontade de seguir no Corinthians: "Não sei o que acontecerá"

Do UOL, em São Paulo

  • Paulo Whittaker/Reuters

Emerson Sheik foi decisivo para o Corinthians na vitória sobre o Deportivo Lara, pela Libertadores. O veterano atacante foi responsável por abrir o placar para o time paulista. Com contrato de apenas seis meses, Sheik ainda não sabe se permanecerá até o final do ano.

"Tenho contrato até o meio do ano com o Corinthians. Como todos os outros contratos que fiz com o clube, vou honrar até o final. Não sei o que falar. Tenho contrato até o meio do ano, não sei o que vai acontecer. Estou feliz de ter voltado, esse retorno tem sido muito bacana para mim. Óbvio que tenho interesse em ficar, quero ficar, nunca escondi. Mas isso não é um assunto para eu ficar falando", afirmou ao "Seleção SporTV".

Além do gol contra o Deportivo Lara, Sheik já havia balançado as redes contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista, na vitória por 1 a 0. Ainda não há conversas entre Corinthians e jogador para a prorrogação do contrato.

"Se não acontecer de ficar até o final do ano, ficarei feliz. Quero curtir cada dia, me dedicar cada dia. Os meus dias agora têm data e é o que eu tenho para hoje".

Durante a entrevista, Sheik foi questionado se "escolhia" partidas grandes. O atacante afirmou que o que pode diferir um jogo importante de uma partida contra um time de menor expressão é o nível de concentração.

"Não escolho jogo. A dedicação para o jogo considerado pequeno é a mesma para o grande jogo. O clássico é encarado da mesma maneira. Óbvio que é um clássico, mas é encarado da mesma maneira. O que muda talvez seja o nível de concentração. Isso é um desafio para qualquer atleta de time grande. Talvez esse seja o desafio dos clubes grandes", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos