Em dois meses, Edilson faz jus à fama e vira "rei da resenha" no Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

Uma característica que contribui diretamente em seu desempenho profissional, mas pouco tem a ver com o futebol. A facilidade para fazer novos amigos permite que Edilson seja bem quisto por onde quer que passe. Aos 31 anos, o lateral direito sabe como atingir a todos ao seu redor. Em Corinthians, Grêmio e agora no Cruzeiro ele se consolidou como uma espécie de "rei da resenha".

Por conta da disputa do Mundial pelo Grêmio, o jogador iniciou os trabalhos de pré-temporada mais tarde que os demais companheiros. Ainda assim, isso não foi um problema para ele se tornar um atleta bastante querido por parte do plantel.

Neste curto espaço de tempo, já fez novas amizades e participa de todas as resenhas. No fim de janeiro, menos de 15 dias após a sua apresentação na Toca da Raposa II, esteve em uma pequena confraternização organizada por Robinho no salão de festas de seu prédio. O encontro contou com a presença da banda Atitude 67, representada pelo pagodeiro Thiaguinho. Manoel e outros nomes do elenco também participaram da reunião.

A partir daí, Edilson se tornou figurinha carimbada em todas as festas do grupo de jogadores. A turma formada por Thiago Neves, que conta também com Digão, Rafa Marques, Rafinha e Sóbis, acolheu o lateral direito. O agora sexteto costuma fazer churrascos e se encontra periodicamente em Nova Lima, cidade da região metropolitana de Belo Horizonte famosa pelos condomínios de luxo.

A adaptação no Cruzeiro, porém, apenas evidencia uma característica de Edilson no decorrer de sua carreira. O atleta tem facilidade para fazer amigos no meio do futebol.

Vida extracampo o acompanha há tempos

A vida extracampo quase sempre o ajudou. Recentemente, no Grêmio, ficou famoso pelas imagens ao lado do meia-atacante Douglas durante as campanhas vitoriosas da Copa do Brasil 2016 e da Libertadores da América 2017. As fotografias com a dupla tomando cerveja no vestiário rodaram o país e a forma como eram tratadas nos bastidores do Tricolor Gaúcho evidenciam a sua facilidade para trabalhar em grupo.

Reprodução Instagram
Douglas e Edilson comemoram a Libertadores

Um pouco antes de sua passagem por Porto Alegre, no entanto, Edilson teve um problema por conta do comportamento fora dos gramados. Em sua passagem pelo Corinthians, clube pelo qual venceu o Brasileirão, ele teve que responder um torcedor famoso à altura por conta das críticas nas redes sociais.

O dono do canal Corinthians Mil Grau, que hoje conta com mais de 660 mil inscritos no Youtube, resolveu brincar com o lateral direito e o chamou de "barriga de cadela velha", insinuando que o atleta estaria fora de forma. O fato não foi visto com bons olhos pelo jogador, que retrucou ao encontrá-lo.

Em um vídeo divulgado pelo próprio YouTuber, é possível ver o jogador questionando a forma como foi tratado. O fato rodou o Brasil e causou risadas do responsável pelo canal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos