Ausente em convocação, Rodriguinho fala em obrigação contra o Bragantino

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Meia do Corinthians reconhece que estava torcendo por chance com Tite na seleção

    Meia do Corinthians reconhece que estava torcendo por chance com Tite na seleção

O meia Rodriguinho trabalhou com o técnico Tite no Corinthians entre 2015 e 2016, até que o treinador fosse para a seleção brasileira. Em boa fase no clube paulista, o jogador esperava ser lembrado na convocação do Brasil para os amistosos contra Rússia (dia 23) e Alemanha (27), mas acabou ficando de fora.

Neste sábado, em entrevista exibida pelo programa Esporte Fantástico, da TV Record, Rodriguinho admitiu que torcia por uma convocação, e reconheceu a frustração com a ausência.

"Estava torcendo em casa. Infelizmente, não foi", disse o jogador, que fez uma série de elogios a Tite. "Para mim, é um dos melhores treinadores do país, sem dúvida. Isso (trabalhar com o técnico) me ajudou muito taticamente, de ser mais aguerrido, mais competitivo. Isso aí me fez evoluir muito."

O Corinthians joga neste domingo, às 16h, contra o Bragantino – os dois times se enfrentam no Pacaembu pelas quartas de final do Campeonato Paulista. E segundo o meia, o clube tem a obrigação de passar pelo duelo.

"Sempre é (obrigação), não tem jeito de falar que não. A gente briga por título em todo campeonato que a gente jogar", afirmou o meia, feliz com o incentivo da torcida. "A gente trabalha muito para que possa chegar esse momento."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos