Botafogo aposta em Aguirre para cessar queda de sócios pós-Libertadores

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

    Contratação de atacante uruguaio Rodrigo Aguirre mexeu com a torcida do Botafogo

    Contratação de atacante uruguaio Rodrigo Aguirre mexeu com a torcida do Botafogo

O Botafogo viveu momento mágico em determinado período de 2018, quando assumiu o posto de exterminador de campeões na Libertadores. Em cada jogo, ótimos públicos e que refletiam o sucesso do plano de sócio torcedor. Foi durante a competição internacional que o Alvinegro atingiu o ápice com 36.974 botafoguenses cadastrados.

O problema ocorreu com as eliminações na Libertadores e Copa do Brasil e, principalmente, o péssimo desempenho na reta final do Brasileiro e que culminou na perda da vaga para voltar a competição internacional na temporada seguinte. A queda de rendimento foi emblemática e pôs fim à relação de lua de mel com a torcida do Botafogo.

Fora da Libertadores, o Botafogo foi eliminado de maneira vexatória ainda na primeira fase da Copa do Brasil, pela Aparecidense-GO, e já está com o segundo treinador na temporada. Evidentemente, vários torcedores abandonaram seus planos de sócio torcedor. Para ser mais exato, 6,7 mil botafoguenses desistiram de seguirem filiados ao clube.

O Botafogo precisa mudar esse panorama e tem uma aposta: Rodrigo Aguirre. O uruguaio mexeu com a torcida desde que usou as redes sociais para deixar clara sua vontade de defender o Alvinegro. Após muita negociação, a diretoria conseguiu trazer o atleta com ajuda de botafoguenses ilustres como Felipe Neto que colocou dinheiro do próprio bolso para trazer o uruguaio.

"A própria torcida, desde o momento que o próprio Aguirre desejou ser jogador do Botafogo, fez com que nós trabalhássemos para a contratação. Era difícil em função do orçamento, pés no chão. Fomos ajustando aos poucos com ajuda do Anderson Barros, Noronha, Felipe Neto, Montenegro, Diniz... Pessoas que ajudaram, senão não poderíamos tê-lo trazido.", disse o presidente Nelson Mufarrej.

"Tivemos ajuda de botafoguenses que querem ver o Botafogo em outro patamar. Patamar do ano passado, com Libertadores, Copa do Brasil. Tenho certeza que a torcida irá nos prestigiar cada vez mais. Trazendo o Aguirre, tenho certeza que teremos casa cheia nos jogos. Virão aplaudir não só o Aguirre, como todos os jogadores. Quero parabenizar e dizer ao Aguirre: A casa é sua, esperamos que será um grande jogador como tantos que marcaram", completou o mandatário do clube.

Resta saber se a aposta do Botafogo terá o retorno esperado. Rodrigo Aguirre tem esse poder todo? O tempo dirá.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos