Colorado de berço, atacante de 19 anos é nova aposta do Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Brenner foi chamado para seleção brasileira Sub-20 e é nova aposta do Internacional

    Brenner foi chamado para seleção brasileira Sub-20 e é nova aposta do Internacional

Foram apenas três jogos, exatos 55 minutos em campo, mas muita expectativa pela frente. Com 19 anos completos em janeiro, Brenner é a nova aposta do ataque do Inter. Na incerteza pelo breve retorno de Damião, é o garoto de personalidade forte que surge logo atrás de Roger. E já despertou até chamado para seleção. 

A ligação ao clube não começou ontem ou hoje. Brenner é colorado de berço. Do bairro do Sarandi, em Porto Alegre, onde se criou e foi desde pequeno torcedor fanático. Vestir vermelho é um sonho realizado. Pessoal e familiar.

Criado em família humilde, Brenner começou cedo a despontar no futebol. Recebe salário desde os 9 anos, mesmo sem qualquer contrato. Nas escolinhas já era atraído por empresários. Sempre ajudou a família com o futebol.

E foi entre irmãos, tios e primos que ganhou sua principal característica. Jogava bola sempre com os mais velhos e para não levar a pior a cada dividida, aprendeu a usar o corpo. Foi ganhando tamanho, massa muscular, e viu na força sua principal virtude.

Ricardo Duarte/Inter

Talvez por isso carregue ídolos que também tenham nela a potência. Referências são três, todas de porte no futebol mundial. Paolo Guerrero, Didier Drogba e Diego Costa são aqueles que Brenner gostaria de parecer.

Outro traço marcante em seus exemplos e nele também é a personalidade. Seja na internet ao usar a hashtag #NegoResolve para vibrar com seus gols, ou a cada comemoração em que vai até as câmeras, dança e faz caras e bocas.

Na Copa São Paulo deste ano, onde balançou as redes rivais seis vezes em sete jogos, chegou a abusar. Pegou um caixão com as cores do Grêmio. Deu azar na provocação pois há alguns dias um jogador da base gremista havia morrido vítima de afogamento. Pediu desculpas, não era a intenção provocar tanto.

E não foi apenas na Copinha que Brenner se destacou. Antes já havia conquistado uma lista de prêmios individuais. Em 2015 foi eleito melhor jogador do Brasil em sua categoria. Mas a fama veio nos jogos do início deste ano. Tanto que hoje é até reconhecido por torcedores nas ruas.

De quebra, além das chances para treinos vieram os primeiros jogos no principal e na última semana um chamado para seleção brasileira. Mas acabou desconvocado a pedido do Inter para ser utilizado na reta final do Gauchão. 

Mas, #NegoResolve. Brenner quer mesmo é cravar mais forte seu nome no Inter. Firmar-se no grupo, conquistar espaço, jogar onde sempre sonhou, ao lado de quem ele só via pela televisão, como D'Alessandro. Com quem já comemorou gol, diante do Cianorte, na última quarta.

1,82 de altura, 75 Kg, três partidas, 55 minutos, apenas números de quem realiza um sonho e acredita ter ainda muito mais pela frente. Sempre sorrindo, dando risada com a família, preparando a próxima comemoração de gol... 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos