Visto com desconfiança, criador de centro de saúde do Vasco pede demissão

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco

    Alex Evangelista (esquerda) cuida de Souza, ex-Vasco, no Caprres

    Alex Evangelista (esquerda) cuida de Souza, ex-Vasco, no Caprres

Idealizador do Centro Avançado de Prevenção, Recuperação e Rendimento Esportivo do Vasco (Caprres), o gerente científico Alex Evangelista pediu demissão do clube. O fisiologista era visto com desconfiança pela nova diretoria, encabeçada pelo presidente Alexandre Campello.

Contratado pela antiga administração, ele sempre teve total respaldo do então mandatário Eurico Miranda e seu filho, Eurico Brandão, o Euriquinho. Com carta branca do dirigente, ele foi o responsável por montar todo o centro de saúde cruzmaltino, sugerindo a compra de aparelhos modernos e importados do local, algo que levantou suspeitas e acusações por parte da oposição, todas elas sempre negadas por Evangelista.

Recentemente, Alex esteve em contatos com o presidente da Lasa, empresa farmacêutica que se comprometeu a patrocinar o Vasco, mas que não cumpriu os pagamentos previstos em contrato. O empresário havia confirmado participação no congresso promovido pelo fisiologista, mas não compareceu.

Evangelista está em Portugal realizando o mesmo evento e é capaz de permanecer trabalhando no futebol de lá.

É possível também que o Vasco deixe de usar o nome "Caprres" para o seu centro de saúde.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos