Como título antecipado do City pode favorecer Gabriel Jesus de olho na Copa

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

  • Lucas Figueiredo/CBF

A serviço da seleção brasileira em Moscou (RUS) para o amistoso desta sexta-feira (23) contra os anfitriões da próxima Copa, Gabriel Jesus deve se favorecer do título antecipado da Premier League com o Manchester City de olho na preparação para o Mundial.

Se o cenário dos sonhos do City se realizar e o clube se sagrar campeão inglês sobre o Manchester United, no Estádio Etihad, em 7 de abril – o mais cedo possível para a conquista acontecer – o centroavante do Brasil, reserva do argentino Sério Agüero na Inglaterra, deve ganhar mais oportunidades nas seis rodadas que restarão no campeonato, o UOL Esporte apurou.

Antes do dérbi de Manchester, Jesus tem quatro compromissos: representará a seleção diante de Rússia, depois contra Alemanha, em 27 de março, e vestirá as cores do City após quatro dias, na partida ante o Everton, no Goodison Park, pelo Inglês. Em 4 de abril volta a Liverpool para fazer, diante dos Reds, o confronto de ida das quartas de final da Liga dos Campeões.

Com 16 pontos de vantagem (81 a 65) sobre os vizinhos em 30 rodadas, o time de Josep Guardiola não tem chances de erguer a taça nacional contra o Everton. Para fazê-lo na sequência, na presença do maior rival, em casa, Kevin de Bruyne, Fernandinho e cia. têm de ao menos empatar antes do clássico, isso na hipótese do United triunfar na mesma rodada sobre o Swansea, no Old Trafford.

Além do troféu da Premier League, o progresso do City na Liga dos Campeões seria outro fator a favor de Gabriel Jesus, já que com o campeonato nacional assegurado Pep descansaria a formação ideal de olho na consagração inédita do clube no torneio europeu. A missão, no entanto, é árdua. O Liverpool foi o único time a derrubar o City na liga inglesa, em um 4 a 3, em Anfield, em janeiro. No primeiro turno, os cityzens golearam a equipe de Jürgen Klopp, em Manchester, por 5 a 0.

O retorno de lesão do lateral esquerdo Benjamin Mendy também pode ajudar a revelação do Palmeiras a ser mais acionado. Até o francês romper o ligamento cruzado do joelho direito, em setembro, Gabriel e Agüero formavam dupla de ataque, favorecidos pelo jogo de maior amplitude com Mendy em campo – incluindo o triunfo com sobra sobre o Liverpool. Com a cirurgia do francês, que já treina com bola e está reintegrado ao dia a dia do elenco, Pep teve de alterar maneira de atuar da equipe.

Artilheiro do plantel na temporada, Agüero tem 30 gols em 37 exibições. Os números de Gabriel Jesus apontam 11 gols em 32 partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos