Inter ouve torcida e protocola pedido de retirada de cadeiras do Beira-Rio

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação

    Beira-Rio com parte sem cadeiras, conforme pedido do Internacional

    Beira-Rio com parte sem cadeiras, conforme pedido do Internacional

O Internacional atendeu pedidos repetidos de torcedores e protocolou uma solicitação de retirada de cadeiras de parte da arquibancada do Beira-Rio. O espaço que normalmente é ocupado pela torcida organizada Popular poderá não ter mais assentos, dependendo de avaliação do Corpo de Bombeiros. 

A solicitação partiu da direção do Inter e foi entregue aos órgãos competentes na sexta-feira. Através de nota oficial no site do clube, o Internacional confirmou a intervenção. 

"O Sport Club Internacional protocolou na última sexta-feira (16/3) junto ao Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul o projeto de retirada das cadeiras da arquibancada inferior do setor sul do Estádio Beira-Rio, especificamente dos setores 108, 109, 110, 111 e 112 . O vice-presidente de relacionamento social Norberto Guimarães reforça que esta ação tem por objetivo atender a demanda dos sócios e torcedores por um local sem cadeiras", diz o documento. 

A manifestação pela retirada de cadeiras não parte apenas da organizada. Frequentadores do espaço pensam que um local mais popular, com preços mais baixos e a possibilidade de torcer livremente o jogo inteiro possa ser positivo ao ambiente criado no Beira-Rio. 

A retirada não inviabiliza a utilização do estádio para eventos ou ainda jogos de organização da Conmebol ou da Fifa. O espaço abrigaria a colocação de cadeiras se necessário ou forçado por regulamento. 

Não há data pré-determinada para resposta do Corpo de Bombeiros, mas o Internacional aguarda a autorização legal para o Campeonato Brasileiro que começa no próximo mês. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos