Jornal: Novo acordo da Liga dos Campeões renderá R$ 2 bi a mais a clubes

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Claude Paris

A Liga dos Campeões renderá milhões de euros a mais a seus participantes a partir da próxima temporada. De acordo com o jornal "Mundo Deportivo", a Uefa e a Associação de Clubes Europeus (ECA) chegaram a um acordo para o triênio 2018-2021 que redistribuirá os lucros do torneio após o aumento de arrecadação.

Da última temporada para essa, a Liga dos Campeões arrecadou 1,1 bilhão de euros (R$ 4,5 bilhões) a mais, totalizando 3,4 bilhões de euros (R$ 13,9 bilhão). Destes, 1,9 bilhão (R$ 7,7 bilhões) terá como destino a conta bancária dos clubes, um aumento de 500 milhões (R$ 2 bilhões) em relação ao triênio anterior.

A mudança beneficiará mais aos grandes clubes do continente, pois haverá um bônus aos times em posições mais altas no ranking histórico da Uefa, que privilegia as equipes mais vencedoras dos torneios europeus.

A divisão do 1,9 bilhão de euros se dará da seguinte maneira: 480 milhões serão destinados aos prêmios por participação; 600 milhões serão distribuídos de acordo com os resultados dos clubes; 300 milhões em 'market pool', conceito que leva em conta dinheiro recebido por TV e marketing, com relação direta aos contratos de transmissão em cada país; e 528 milhões a partir do ranking histórico.

Somados todos os benefícios, o campeão da edição de 2018/19 da Liga dos Campeões poderá arrecadar até 100 milhões de euros de uma só vez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos