Topo

Futebol


'Não é violento', diz Zé Ricardo sobre Rildo após longa punição do jogador

Do UOL, no Rio de Janeiro

2018-03-28T12:50:33

28/03/2018 12h50

O técnico Zé Ricardo, do Vasco, saiu em defesa de seu jogador, o atacante Rildo, que pegou uma grande punição do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) por conta das fraturas que causou na perna direita do meia João Paulo, no clássico com o Botafogo. Segundo o treinador, já ocorreram casos mais graves e seu atleta “não é violento”.

“É difícil falar sobre decisão judicial. A gente não contesta, só cumpre. Só não pode ser bode expiatório. Tem outros casos até mais graves que aconteceram e que não vimos a mesma decisão. O Rildo não é um atleta violento”, declarou.

Avaliando o lance, Zé Ricardo acredita que Rildo não teve a intenção de machucar João Paulo:

“Rildo tentou tocar na bola, mas aconteceu a lesão. Vamos esperar. Acho que cabe recurso”.

E o técnico tem razão. A decisão cabe recurso e o Vasco já informou que exercerá este direito. O TJD-RJ puniu Rildo com uma suspensão até que João Paulo volte aos treinos ou num período máximo de 180 dias. A previsão de retorno do meia do Botafogo é de, pelo menos, seis meses.

João Paulo fraturou a perna direita em duas partes e passou por um procedimento cirúrgico no dia seguinte. Rildo fez questão de visitá-lo no hospital e pedir desculpas, que foram aceitas por seu companheiro de profissão.

Na mesma partida, o atacante do Vasco também se lesionou, mas sozinho, sofrendo uma luxação no ombro direito. Ele ainda está cuidando da contusão.

Mais Futebol