Escultor que foi motivo de chacota apresenta nova estátua de CR7

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução Bleacher Report

    Nova estátua de Cristiano Ronaldo

    Nova estátua de Cristiano Ronaldo

Um ano atrás a vida de Emanuel Santos mudou para sempre. Ele é o homem por trás da estátua de Cristiano Ronaldo que foi virou piada mundial. Monitoramento na internet mostrou que em 24 horas quase um milhão de memes e pessoas apedrejando Emanuel. A mulher dele chora ao lembrar daqueles dias. Mas o escultor teve uma segunda chance e agora apresenta uma nova obra.

Esta releitura de seu próprio trabalho foi acompanhada pelo site  Bleacher  Report e virou uma reportagem e mini documentário. O vídeo termina com o novo busto de Cristiano Ronaldo sendo revelado. Emanuel fica orgulhoso do resultado. A última frase do texto é ele pedindo para tirarem uma foto ao lado do novo busto.

Mas antes do grand finale, a reportagem conta todo o drama que o escultor enfrentou. A estátua que virou chacota foi feita por um homem que não vivia de fazer esculturas. Na verdade, era um hobby que servia de válvula de escape para as tensões do dia a dia. Emanuel trabalhava em uma empresa que prestava serviços para o aeroporto da Ilha da Madeira, onde Cristiano Ronaldo nasceu.

Ao saber que o local mudaria de nome para homenagear o cidadão ilustre, ele sugeriu ao diretor do aeroporto, Francisco Fernandes, de colocar um busto do atacante do Real Madri. "Chegar a Madeira e ser recebido por Cristiano Ronaldo sorrindo", argumentou o escultor.

Ficou combinado dele fazer um esboço e mostrar o resultado em duas semanas para a direção do aeroporto. "Ele ficou muito impressionado porque não estava esperando muito", disse Emanuel ao Bleacher  Report . O projeto foi apresentado à família de Cristiano Ronaldo que também apoiou a confecção da estátua.

REUTERS/Rafael Marchante

CR7 pediu para tirar rugas

Emanuel recebeu mil euros em ajuda de custo da empresa que faria a cerimônia de mudança de nome do aeroporto. A certeza que estava no caminho certo aumentou ao mostrar a obra para família de Cristiano Ronaldo.

O irmão do homenageado mostrou uma mensagem com a avaliação da obra. O único detalhe que o atacante pediu foi mudar foi tirar um pouco das rugas ao lado dos olhos. A cerimônia foi momento de muita felicidade. "Fiquei bastante contente e ri de satisfação. Senti aquela sensação de dever cumprido. Fiz a minha parte."

O escultor conta que nunca falou com Cristiano Ronaldo sobre o assunto. Mas lembra que a alegria acabou quando começou a repercussão mundial. Além de virar memes e receber quase de um milhão de mensagens negativas na internet, o busto foi criticado em programas esportivos e ridicularizado em esquetes de humor.

A mulher dele, Amanda Gouveia, chora ao falar do caso. "Ninguém teve a coragem de fazer a proposta que ele fez e as redes sociais servem para as pessoas dizerem aquilo que não teriam coragem de falar cara a cara."

As críticas foram cruéis, mas ainda assim Emanuel defende sua obra. "Se não fizesse da maneira como fiz já teria caído no esquecimento há muito tempo. Precisa uma certa ousadia de ir contra o habitual para dar o impacto. Porque, embora hajam pessoas que fazem chacota, façam comentários negativos, existem muitas pessoas que dão valor".

Mas o escultor garante que aprendeu com as críticas. Colocou os novos conhecimentos em prática na hora de fazer o segundo busto de Cristiano Ronaldo. A cena final do documentário mostra ele no aeroporto esperando a alfândega liberar uma caixa de madeira grande e pesada.

Dentro, estava a nova estátua. Ele não chegou a gritar parla, mas gostou. "Está muito boa". Talvez por causa da lembrança do primeiro caso, completou depois de uma pausa. "na minha opinião..."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos