Pedro vira alento ao Flu como carrasco de rivais e perto de feito histórico

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Pedro pode se tornar o artilheiro mais jovem da era profissional do Fluminense

    Pedro pode se tornar o artilheiro mais jovem da era profissional do Fluminense

A eliminação para o Vasco aos 50 minutos do segundo tempo caiu como um balde de água fria para o Fluminense. Mas, ao se juntar os cacos, tira-se alguns pontos positivos da campanha no Campeonato Carioca. Além do título da Taça Rio, o Tricolor presenciou a afirmação do jovem Pedro no ataque após a saída de Henrique Dourado. O garoto de 20 anos se estabilizou como carrasco dos rivais - tendo feito gols em Botafogo, Flamengo e Vasco - e ainda se isolou na artilharia do Estadual com sete gols, algo que pode fazê-lo chegar a uma marca histórica pelo clube.

Caso obtenha esta conquista individual, Pedro se tornará o artilheiro mais jovem da era profissional do Fluminense. E o objetivo está muito próximo, já que seus principais concorrentes também já foram eliminados da competição.

A principal ameaça era justamente seu companheiro de ataque, Marcos Júnior, com um gol a menos. Entre os finalistas concorrem ainda Brenner, do Botafogo, com cinco, e Andrés Rios, do Vasco, com quatro.

Feliz com o bom momento, ele ressaltou seus feitos até aqui. "Gratificante para mim fazer gols nos três times (rivais do Rio). Em jogos grandes que aparecem os grandes guerreiros. Fico feliz por esses gols nos times do Rio e espero dar continuidade no trabalho, pois está sendo um bom começo de ano", disse ao site Netflu.

Pedro teve sua primeira oportunidade no profissional do Fluminense no fim de 2016. Este ano, já fez o mesmo número de gols que o ano passado, sendo que em 2017 disputou 35 partidas e em 2018 apenas 17.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos