Conheça o auxiliar do Fla que sobreviveu às demissões e comanda o time

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza / Site oficial do Flamengo

    Auxiliar Mauricio Barbieri tem comandando a equipe do Flamengo interinamente

    Auxiliar Mauricio Barbieri tem comandando a equipe do Flamengo interinamente

O recado já havia sido dado na noite da eliminação para o Botafogo, na última quarta-feira (28), pelo vice de futebol Ricardo Lomba. Poucas horas depois, no dia seguinte, o resultado era impactante: seis demissões no departamento de futebol. Sobrou para treinador, dirigente, preparador físico e auxiliar. Um, porém, acabou sobrevindo à limpa no setor: Mauricio Barbieri, de apenas 36 anos, que tem comandado a equipe interinamente enquanto a diretoria não escolhe o novo técnico.

Mas afinal, quem é o profissional e quais os atributos que lhe garantiram o cargo no Ninho do Urubu?

Barbieri é considerado como membro da nova safra de treinadores, como ideologias modernas de tática e treinamento. Iniciou sua trajetória no Audax-SP treinando a equipe sub-15. Foi sendo efetivado e passou pelo sub-17, sub-20, até ser promovido a auxiliar-técnico do time principal.

Os bons resultados em campo lhe garantiram a promoção que tanto almejava: ser treinador de uma equipe profissional. E a oportunidade chegou na filial do clube, o Audax-RJ. À frente do time carioca, ele foi um dos responsáveis pelo acesso à Série A do Estadual.

Na sequência, passou por outros times do mesmo perfil: o Red Bull Brasil e o Desportivo Brasil, antes de aterrissar no tradicional Guarani, de Campinas (SP).

A oportunidade de trabalhar num clube do porte do Flamengo, porém, o fez interromper a carreira de treinador para voltar a ser auxiliar. Aceitou o desafio e chegou ao Ninho do Urubu no início deste ano para realizar uma parceria com Paulo César Carpegiani.

A aposta da diretoria em sua continuidade vai além dos conceitos modernos como também na facilidade em trabalhar com jovens oriundos da base.

Barbieri permaneceu e viu ser preterido o outro auxiliar, Jayme de Almeida, com uma larga história no Flamengo desde os tempos de jogador - como auxiliar, estava desde 2012, tendo sido efetivado em 2013, onde foi campeão da Copa do Brasil daquele ano e do Estadual, na temporada seguinte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos