Justiça decide periciar banco de dados e Vasco pode ter nova eleição

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Campello poderá ter sua vitória à presidência ameaçada em função da perícia

    Campello poderá ter sua vitória à presidência ameaçada em função da perícia

Para quem achava que a polêmica e confusa eleição do Vasco havia acabado, se enganou. Nesta segunda-feira, em audiência no Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, decidiu-se por periciar o HD que contém o banco de dados dos sócios do clube. Caso seja comprovada fraude, o Cruzmaltino poderá ter um novo pleito conforme prevê o estatuto. A informação foi dada pelo Lance! e confirmada pelo UOL Esporte.

O arquivo estava em posse das autoridades desde o ano passado, mas era motivo de uma batalha judicial para ter permissão ou não de ser investigado.

A perícia era uma exigência dos grupos de oposição do Vasco, mas o ex-presidente Eurico Miranda era contra.

Com suspeita de fraude, a eleição do Vasco virou caso de polícia e foi necessário que mais de 700 sócios com indícios de irregularidade votassem em uma urna separada. Tais pessoas acabaram não tendo os votos válidos e a chapa formada por Julio Brant e Alexandre Campello tornou-se vitoriosa.

Como a eleição do Vasco é feita de forma indireta, realizou-se ainda um pleito no Conselho Deliberativo e, de maneira supreendente, Campello rompeu com Brant e se lançou candidato sozinho, recebendo o apoio dos correligionários de Eurico e se tornando o novo presidente cruzmaltino, o que gerou muita confusão e polêmica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos