Campello critica perícia em HD do Vasco: 'Intuito é trazer instabilidade'

Do UOL, no Rio de Janeiro*

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Campello acredita que notícias sobre a perícia prejudicam investimentos no Vasco

    Campello acredita que notícias sobre a perícia prejudicam investimentos no Vasco

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, e o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, concederam entrevista coletiva na manhã desta terça-feira em São Januário onde reclamaram da decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) de periciar o HD que contém o banco de dados dos sócios do clube e que estava bloqueado desde o ano passado. A principal queixa da dupla foi em relação a um possível cancelamento da eleição caso sejam comprovadas fraudes no processo.

"Esse HD ficou parado um tempão e, a partir do momento da eleição, passou a ter importância. Todo processo eleitoral se deu dentro do estatuto. É surpreendente que as notícias venham à tona em momento decisivo do Vasco. O intuito é de trazer instabilidade à equipe. Por isso estou aqui hoje para falar sobre a real intenção da perícia do HD", declarou Campello.

À frente de um cargo muito importante no que se refere à política do clube, Roberto Monteiro bateu o pé e garantiu que o resultado da eleição não irá mudar.

"Essas forças ocultas estão se movimentando para tentar prejudicar o Vasco. Estão prejudicando o Vasco, não a gestão atual. Que essas pessoas que estão atuando nos bastidores pensem o que significa para o Vasco, porque o resultado eleitoral não mudará", declarou o dirigente, que também comanda a comissão de reforma do estatuto vascaíno.

Ex-aliados de Campello no período da eleição entre os sócios, o grupo "Sempre Vasco", encabeçado pelo candidato derrotado Julio Brant, cobrou transparência e democracia:

"A Sempre Vasco, desde sua criação, luta pelo resgate de valores fundamentais na história do Club de Regatas Vasco da Gama: transparência e democracia. Em tempos onde o judiciário revisa princípios importantes para a sociedade brasileira, seguimos nossas convicções e continuamos acreditando na Justiça, acatando sua decisão, independente de qual seja".

Campello rompeu com Brant na eleição do Conselho Deliberativo e, com o apoio de conselheiros ligados a Eurico Miranda, se tornou o novo presidente do Vasco.

Promessa de salários até sexta-feira

Ainda durante a coletiva, o presidente Alexandre Campello prometeu pagar a jogadores e funcionários mais um mês de salários até sexta. Caso isto se concretize, o clube estará em dia com os vencimentos de 2018, mas ainda ficará devendo dezembro, férias e 13º para quem estava no Vasco desde o ano passado.

"A ideia é pagar mais um salário até sexta-feira, e estaremos com os salários desse ano em dia", disse Campello.

*Atualizada às 18h39

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos