Topo

Futebol


Trazido por R$ 6 mi, Mancuello pede passagem e pode ser titular do Cruzeiro

© Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Mancuello marca gol pelo Cruzeiro em jogo do Campeonato Mineiro Imagem: © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

2018-04-03T04:00:00

03/04/2018 04h00

Mancuello tem recebido cada vez mais oportunidades no Cruzeiro. E, agora, pode se tornar titular da equipe definitivamente. O argentino, que custou US$ 1,8 milhão (R$ 6 mi à época) aos cofres do clube, entrou no segundo tempo dos últimos quatro jogos da equipe e pode ter uma chance contra o Vasco da Gama, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Após o revés para o Atlético-MG, no domingo (1º), Mano Menezes cogita mudanças na escalação. Entre elas está a possível entrada do argentino na vaga de Robinho ou Ariel Cabral. A ideia é dar mais mobilidade ao meio de campo.

O ex-jogador do Flamengo entrou justamente no lugar do compatriota, que veste a camisa 5 e teve boa atuação na concepção da comissão técnica. O problema é que ele é visto como um atleta mais avançado.

Mancuello iniciou a jogada que culminou no gol de Arrascaeta. Após dividida com Tomás Andrade, ele acionou Sassá. O centroavante tocou para Thiago Neves, que deu assistência para o uruguaio marcar.

Mas a dúvida na cabeça de Mano não é atual. Há algum tempo, ele já vem elogiando o argentino que foi revelado pelas categorias de base do Independiente, da Argentina. Antes mesmo do jogo de ida da final do Mineiro, o gringo foi enaltecido pelo comandante:

“Desde que ele estava no Flamengo, e surgiu a possibilidade de contratarmos ele, eu quis. É um jogador que faz bem inúmeras funções e não apenas uma específica. Além disso, ele chegou muito bem para nós e está rendendo bem”, disse.

“Ele (Mancuello) é um jogador importante para as nossas pretensões desse ano. Diferentemente da maioria das competições, na Libertadores só podemos relacionar 18 jogadores, o que nos restringe. E ter um Mancuello, que faz bem diversas funções ajudas a compor o grupo que será relacionado”, acrescentou, visando os jogos da Copa Libertadores da América.

Mais Futebol