Topo

Futebol


Eto'o ameaça processar revista africana após pegadinha de 1º de abril

Venezia Filippo/EFE/EPA
Samuel Eto'o em ação durante sua passagem pela Sampdoria Imagem: Venezia Filippo/EFE/EPA

Do UOL, em São Paulo

2018-04-03T11:15:57

03/04/2018 11h15

Uma pegadinha de 1º de abril não caiu nas graças de Samuel Eto'o. Publicada na África, a revista "Jeune Afrique" publicou notícia dizendo que o jogador concorreria ao cargo de presidente de Camarões para brincar com o Dia da Mentira. O atacante do Konyaspor não gostou e ameaçou processar o periódico.

Para aumentar a insatisfação de Eto'o, vários veículos internacionais caíram na pegadinha da "Jeune Afrique", entre elas o canal de televisão francês "France 24", amplificando o alcance da notícia falsa.

Em longa nota publicada em sua conta pessoal no Facebook, Eto'o afirmou que seu país natal vive momento político delicado e exigiu a publicação do comunicado como direito de resposta à pegadinha.

"Seguindo os artigos publicados em suas edições online de 1º de abril de 2018, informarei que desejo exercer meu direito de resposta. Caso contrário, reservo-me o direito de processar por difamação", comunicou Eto'o.

A reportagem falsa continua disponível no site da "Jeune Afrique", mas agora com o esclarecimento de que se trata de uma brincadeira de 1º de abril.

Mais Futebol