Fluminense reprova uso de imagem de sua torcida pelo MBL

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Foto da torcida do Fluminense semelhante à utilizada pelo MBL

    Foto da torcida do Fluminense semelhante à utilizada pelo MBL

Nesta terça-feira (3), o Fluminense se manifestou publicamente contra o uso de imagem de sua torcida por meio do Movimento Brasil Livre (MBL), que utilizou foto com conotação política. O clube utilizou suas contas em redes sociais para condenar o ato.

A imagem postada pelo MBL mostrava um bloco de Carnaval e uma imagem da torcida do Fluminense como maneira de convocar simpatizantes às suas manifestações que acontecerão nesta terça pedindo a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Já viu um bloco de Carnaval e pensou: 'Imagina toda essa gente indo às ruas para melhorar o país?' Já viu uma torcida organizada e pensou: 'Imagina toda essa gente indo às ruas para melhorar o país?' Amanhã, dia 3 de abril, é dia de ir às ruas para lutar contra a impunidade e pela prisão dos corruptos", diz imagem postada pelo MBL nessa segunda-feira (2) nas redes sociais.

A postagem foi reprovada pelo Fluminense, que utilizou suas contas em redes sociais para se manifestar sobre o caso.

"O Fluminense Football Club é uma instituição apolítica e reprova o uso indevido da imagem de sua torcida, camisa e pavilhão", postou o clube.

Em contato com o UOL Esporte, Renan Santos, coordenador do MBL, mostrou insatisfação com a postura do Fluminense.

"Fala para o Fluminense que o MBL mandou o Fluminense ir plantar batata. O clube do tapetão não pode reclamar de corrupção", declarou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos