Organizadas vão à Toca da Raposa para cobrar mais empenho do Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Reprodução Internet

    Torcida do Cruzeiro protesta na porta da Toca da Raposa

    Torcida do Cruzeiro protesta na porta da Toca da Raposa

Membros de organizadas foram à Toca da Raposa II na tarde desta terça-feira (3) para conversar com alguns jogadores do Cruzeiro por conta do revés para o Atlético-MG na partida de ida da final do Campeonato Mineiro.

Cerca de 40 torcedores estiveram nas imediações do centro de treinamentos para se reunir com alguns jogadores. Os porta-vozes do movimento se encontraram com Dedé, Bruno Silva e Thiago Neves e fizeram questão de reforçar que a intenção é dar apoio ao elenco. Edilson e Sassá também foram parados pelos torcedores.

Lucas Romero falou sobre a presença da torcida no local e garantiu que as conversas não tiveram um tom de protesto, mas, sim, de suporte.

"Parei para conversar com eles. Não foi uma manifestação, foi demonstração de apoio. Eles falaram que acreditam em nós e que estão com a gente", disse o volante argentino em entrevista coletiva.

A presença da torcida na Toca da Raposa II foi devido à derrota por 3 a 1 para o Atlético no último domingo, pelo jogo de ida da final do Campeonato Mineiro.

Com o resultado, os cruzeirenses precisam de um triunfo por dois ou mais gols de diferença para chegar ao título estadual. O jogo de volta ocorre no domingo (8), às 16h (de Brasília), no Mineirão.

Antes da partida decisiva do Mineiro, o Cruzeiro enfrentará o Vasco nesta quarta-feira (4), às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. O jogo é válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos