Único a tocar na bola mais que Neymar, Verratti teve aumento de 600% no PSG

João Henrique Marques

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Benoit Tessier

    Neymar comemora com Verratti após marcar para o PSG contra o Toulouse

    Neymar comemora com Verratti após marcar para o PSG contra o Toulouse

No Campeonato Francês, só o italiano Marco Verratti é mais participativo que Neymar. O volante do Paris Saint-Germain é o líder de toques na bola na competição, tendo média maior que a do camisa 10. Tanto protagonismo gera idolatria internamente e uma enorme valorização. No total, são cinco renovações de contrato, tendo o salário inicial já multiplicado em sete vezes - o que equivale a 600%.

Vindo do modesto Pescara-ITA, em julho de 2012, então com 20 anos, Verratti assinou contrato com o PSG com salário de cerca de 70 mil euros. Logo após a primeira temporada, o vínculo foi renovado com o salário se aproximando dos 200 mil.

Ao longo dos cinco anos seguintes, Verratti se acostumou com sondagens de outros clubes. Uma decisão de atuar pelo Barcelona chegou a ser tomada pelo italiano, mas o PSG jamais aceitou negociá-lo. O impasse, claro, só foi solucionado com grandes aumentos salariais. Algo que tranquilizava o jogador.

"O Neymar não vai sair do PSG. Vivi isso de especulação com o Verratti. Os jogadores ali estão trancados em uma prisão de ouro. São contratos impossíveis em outros lugares", foi a resposta do italiano Donato di Campli, o ex-empresário de Verratti, às especulações em torno da transferência de Neymar para o Real Madrid.

Donato foi o responsável por negociar o atual contrato de Verratti com o clube francês. Ele é válido até 2021 e o salário está próximo dos 500 mil euros. Ou seja: sete vezes a mais do que o valor inicial.

Verratti, o mais participativo

Em números absolutos foram 5990 toques na bola de Verratti – segundo estatísticas da Ligue 1 –. Ninguém tem quantidade superior. Neymar é o segundo lugar, com 5862 toques. Outro detalhe considerável é de que o italiano ainda tem quase 70 minutos jogados a menos que o brasileiro – 1723 contra 1797 -.

Isso se deve muito ao fato de Verrati se posicionar, constantemente, entre os zagueiros para receber o primeiro passe rumo ao ataque. O volante tem como característica atravessar o meio-campo com a bola no pé.

Outro dado considerável é de que Verratti é o jogador que mais recebe passes de Neymar nas partidas do Campeonato Francês. Em média são quase 20 passes recebidos do brasileiro. Muitos deles são tabelas no setor esquerdo do campo ofensivo.

REUTERS/Benoit Tessier
Neymar guarda camisa de Verratti

Na vasta coleção de camisas de Neymar há espaço para Marco Verratti. No primeiro confronto entre eles, na fase de grupos da Liga dos Campeões da edição 2014-2015, O PSG venceu o Barcelona por 3 a 2, em Paris, tendo o italiano marcado um dos gols do time francês. Neymar, que também deixou sua marca no jogo, pediu a camisa de Verratti na saída do campo.

A idolatria foi intensificada pouco depois com as opiniões dos próprios brasileiros do PSG. De Thiago Silva e Marquinhos ouvia que Verratti era o melhor meio campo em atividade.

"Sempre tive boas referências dele e fui constatar como é bom nos duelos que tivemos. Quero que ele venha jogar aqui com a a gente no Barcelona", comentou Neymar em junho do ano passado. Época em que ainda atuava no clube e a contratação do italiano era vista como prioridade.

Pouco depois, na chegada de Neymar ao PSG, a pergunta na primeira entrevista foi clara: "Sabemos que você foi jogar no Barcelona pela admiração ao Messi. E no PSG, qual a sua referência?" A resposta do atacante foi inicialmente se referindo ao elenco. Até que o discurso ganhou um destaque. "Eu sou muito fã do Verratti. Sempre quis jogar com ele", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos