Mascote é suspenso por 90 dias por dar "chifradas" em jogador adversário

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Uberaba

O Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG) decidiu suspender em 90 dias o mascote Zebu, do Uberaba, clube que disputa o Módulo 2 do Campeonato Mineiro. O personagem foi punido por dar chifradas em um jogador do Guarani-MG.

O incidente foi registrado na súmula da partida realizada no dia 24 de março, pelo árbitro Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira. "Antes do início da partida, expulsei do campo de jogo o mascote da equipe do Uberaba Sport Clube, o Sr. João Vitor Santos Oliveira, por desferir duas cabeçadas no atleta Elder Herminio David da equipe do Guarani Esporte Clube no momento em que a equipe do Guarani entrava no campo de jogo".

João Vitor foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que permite punições por "praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente".

A partida terminou em empate por 1 a 1. O Guarani lidera a primeira fase da competição, enquanto o Uberaba é o quinto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos