Redução de preços deu ao Atlético-PR maior renda em um ano de bilheteria

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Cleber Yamaguchi/AGIF

    Pablo celebra contra o São Paulo: reencontro com a torcida

    Pablo celebra contra o São Paulo: reencontro com a torcida

A promoção no preço dos ingressos realizada pelo Atlético Paranaense para o jogo contra o São Paulo, de R$ 150 para R$ 60 na entrada inteira, proporcionou aos cofres do clube a maior arrecadação desde abril de 2017, quando o Atlético enfrentou, em sequência, Flamengo pela Libertadores e Coritiba na final do Estadual. Em 360 dias, apenas estes dois jogos arrecadaram mais dinheiro nas bilheterias que o duelo contra o Tricolor paulista.

No jogo desta quarta-feira (04), o Atlético arrecadou R$ 654.115,00 com a presença de 22.865 pagantes. Nas partidas citadas, foram 33.463 pagantes contra o Fla, com renda de R$ 1.588.815,00 e ingressos a R$ 100 em 26 de abril, e 26.145 pagantes contra o Coxa, com renda de R$ 895.125,00 e ingressos a R$ 60, em 30 de abril. Curiosamente, o Coritiba será o adversário do Atlético uma vez mais no jogo do próximo domingo (8), agora pela decisão do Estadual 2018.

Destes jogos para cá, o Atlético mandou 33 partidas na Arena da Baixada e uma na Vila Capanema, entre Brasileirão, Libertadores, Copa do Brasil e Paranaense, entre um ano e outro, com ingressos a R$ 100 e R$ 150 nas competições nacionais e internacional. Além de reduzir o preço dos ingressos, a diretoria do Furacão também se reaproximou de suas torcidas organizadas, liberando o uso de adereços e instrumentos musicais após um acordo no Ministério Público do Paraná.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos