Renovação entre Atlético-MG e Caixa é publicada no Diário Oficial da União

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vale/AGIF

    Atlético-MG seguirá com o patrocínio da Caixa até dezembro de 2018

    Atlético-MG seguirá com o patrocínio da Caixa até dezembro de 2018

Oficialmente o acordo entre Atlético-MG e a Caixa havia se encerrado em dezembro do ano passado. Mesmo sem contrato vigente, o clube mineiro seguia estampando a marca do banco em sua camisa. Como as duas partes já haviam acertado a renovação, faltava apenas a publicação do novo acordo pelo Diário Oficial da União (DOU), o que aconteceu nesta quarta-feira.

De acordo com a publicação, o valor do patrocínio em 2018 será de R$ 13,1 milhões. No entanto, para atingir essa quantia o clube mineiro precisa ser campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Cada conquista tem uma premiação diferente. Os valores pela premiação por conquistas não foram revelados de forma detalhada. No ano passado não havia premiação por conquista da Copa Sul-Americana.

Pelos valores da última temporada, em caso de título do Copa do Brasil a premiação é de R$ 500 mil e pelo Brasileirão o valor é de R$ 1 milhões. Considerando os valores de 2017, a quantia fixa do patrocínio da Caixa seria de R$ 11,6 milhões. No ano passado, por exemplo, o valor fixo foi de R$ 11 milhões, mas o Galo poderia chegar até R$ 16 milhões com os bônus, já que estava na Copa Libertadores.

Além da Caixa, o Atlético exibe outras seis marcas na sua camisa. Topper, Universidade Brasil, MRV Engenharia, Uber, Orthopride e Supermercados BH. Como é costume do clube mineiro, os valores de cada contrato não são revelados. Pelo orçamento aprovado pelo conselho deliberativo do Galo em novembro do ano passado, a meta é faturar R$ 35 milhões com patrocinadores em 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos