Tênis fez presidente do PSG ser estrela no Qatar e já o uniu ao Real Madrid

João Henrique Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Nasser Al-Khelafi, à direita, com a equipe de tênis do Qatar.

    Nasser Al-Khelafi, à direita, com a equipe de tênis do Qatar.

A habilidade para jogar tênis mudou a vida de Nasser Al-Khelafi. O agora presidente do Paris Saint-Germain já atuou profissionalmente e está marcado na história do Qatar como o maior vencedor do país em Copa Davis. O esporte nobre ainda o aproximou de Florentino Perez, o mandatário do Real Madrid, o deixou íntimo de Rafael Nadal e cultivou uma lucrativa amizade com o emir do Qatar, Tamim bin Hamad Al Thani, o homem da grana do PSG.

Nasser tem o tênis como paixão de infância. E por 10 anos, entre 1992 e 2002, defendeu o Qatar em jogos de Copa Davis. Sempre em partidas eliminatórias asiáticas, somou 12 vitórias, em 31 jogos de simples. E outras 12, em 16 partidas de duplas.

Sendo uma referência do esporte no país foi turbinado por investidores para participar de torneios nível ATP (Associação Profissional de Tênis). No site oficial da organização constam apenas dois jogos como profissionais. São duas derrotas, sendo uma delas por 2 sets a 0 com parciais de 6-0 6-1 para o austríaco Thomas Muster, o então número 2 do mundo – torneio de Sankt Polen, na Áustria.

Apesar de ser tenista sem expressão no cenário mundial, Nasser Al-Khelafi seguiu ganhando força no Qatar. Foi tutor do emir Tamim bin Hamad Al Thani na busca por se aperfeiçoar no esporte. Foi nas quadras que nasceu a amizade que resulta em parceria no PSG atualmente.

AFP

Nasser ainda é o presidente da Federação do Catar de Tenis e conduz organizações de torneios como ATP 250 em Doha, no Qatar. Em 2014, convenceu Rafael Nadal a participar do torneio – o espanhol foi campeão.

"O Rafa (Nadal) é um amigo. Grande tenista, lutador e ótima pessoa. O conheci há quase 10 anos e nos falamos frequentemente por telefone. Ele gosta muito de futebol e sempre diz que ainda quer vir ver o PSG jogar", comentou Nasser durante a disputa do torneio em janeiro deste ano.

No torneio em Doha, Nasser já organizou a presença de todo o elenco do PSG em 2015. No mesmo ano, recebeu o presidente do Real Madrid, Florentino Perez no camarote – times espanhol e francês participavam de torneio de pré-temporada no Qatar. Os dois acompanharam lado a lado uma sequência de jogos.

"Tenho contatos com o Florentino, amizades no Real Madrid. Não há planos, conversas sobre o Neymar. Ele é jogador do PSG, comprometido com o clube", respondeu Nasser Al-Khelafi recentemente sobre especulações de transferência do brasileiro ao clube espanhol. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos