Romero aceita lateral no Cruzeiro, mas pede para voltar ao meio-campo

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Haddad/Cruzeiro

    Lucas Romero participa de treino do Cruzeiro na Toca da Raposa II

    Lucas Romero participa de treino do Cruzeiro na Toca da Raposa II

Ele tem sido titular da lateral direita, mas quer mesmo é jogar no meio de campo. Escolhido para a função defensiva nos dois últimos jogos do Cruzeiro, Lucas Romero já disse a Mano Menezes e Marcelo Djian que a intenção é retornar à posição de origem.

O argentino está ciente que a comissão técnica tem predileção por Ariel Cabral e Henrique no setor e, por isso, aceita jogar em outra parte do campo. Porém, não esconde que o desejo é voltar a desempenhar a função que está acostumado.

Alberto Stagliano, empresário do gringo, também auxilia na tentativa de recolocar o atleta em sua posição de ofício. O representante tenta fazer valer o desejo do atleta em conversa com o diretor de futebol Marcelo Djian.

"É verdade que Lucas [Romero] pediu ao Mano para jogar como meio-campista. Tenho conversas frequentes com Marcelo Djian sobre este assunto. Mano, hoje, tem outras alternativas e Lucas é uma delas. Mas não para ser titular", disse o agente ao UOL Esporte.

O curioso é que, apesar dos pedidos, Lucas Romero permanece escalado na lateral direita. Ele desempenhou a função em 11 das 12 partidas que disputou no ano. O jogador é considerado o reserva imediato de Edilson.

Para o jogo de volta da final do Campeonato Mineiro, Lucas Romero não sabe se terá condições de entrar em campo. O argentino se queixa de dor na coxa esquerda e foi submetido a exames médicos, mas não teve uma lesão detectada. Ele é tratado como dúvida para o duelo contra o Atlético-MG, no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos