Presidente do Sporting retira suspensão de 19 jogadores após atrito público

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Sporting

Um dia após discussão pública envolvendo presidente e elenco do Sporting, que resultou em suspensão a 19 jogadores do plantel, o clima parece bem diferente e mais ameno em um dos mais tradicionais clubes de Portugal neste sábado (7).

Depois de reunião entre atletas, comissão técnica e o presidente Bruno de Carvalho, o técnico Jorge Jesus afirmou que poderá escalar a equipe que bem entender e não mais o time B neste domingo, como havia sido especulado.

"Tivemos uma reunião entre presidente, treinador e jogadores. Tudo o que se passou lá dentro fica entre nós. O que é importante é a liberdade que o presidente me deu para poder convocar os jogadores que eu quisesse, como é habitual. Quando eu chegar na Academia e fizer o treino, vou convocar normalmente e naturalmente os jogadores disponíveis", disse Jorge Jesus.

A convocação a qual se refere o técnico é para a partida diante do Paços de Ferreira, marcada para acontecer neste domingo, pela 29ª rodada do Campeonato Português. Inclusive, com a conversa e a retirada da suspensão, os atletas treinaram normalmente neste sábado - algo que não havia acontecido na última sexta-feira (6).

Os atritos no clube começaram quando o Sporting perdeu por 2 a 0 para o Atlético de Madri no jogo de ida pelas quartas de final da Liga Europa. O dirigente criticou duramente o elenco, que tratou de se unir e publicar um comunicado coletivo nas redes sociais. Na sequência, rebatendo a atitude tomada pelo grupo, Bruno de Carvalho suspendeu os 19 jogadores que se manifestaram por meio da nota e até os chamou de "crianças mimadas", em post no Facebook.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos